Viticultura é tema de evento no Iapar

O Iapar (Instituto Agronômico do Paraná) de Santa Tereza do Oeste promove no dia 21(quarta-feira), a partir das 13h, a II Jornada Tecnológica em Fruticultura. Desta vez, o destaque será a viticultura. O evento, gratuito e com apoio da Fapeagro (Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio) e da Itaipu Binacional, é destinado a produtores rurais, estudantes e técnicos da área.

O dia de campo contará com três palestrantes e será conduzido por Alessandra Detoni, pesquisadora do Iapar de Santa Tereza do Oeste. Alessandra falará sobre sua linha de pesquisa em sistemas de condução para videira. “A videira é uma planta que necessita um sistema de condução para sustentar o desenvolvimento de seus ramos, favorecendo o crescimento e com isso proporcionando boa produtividade”, comentou.

Na ocasião, serão mostradas diferentes cultivares aptas à produção de suco e de vinhos coloniais. “Nosso trabalho é desenvolvido para atender às demandas regionais. Temos muitos produtores na região Oeste e Sudoeste que trabalham com viticultura. O suco brasileiro é muito elogiado nacionalmente e internacionalmente, pois as variedades são desenvolvidas exclusivamente para isso. O aroma, o sabor e a coloração são apreciados no mercado e são boas opções de diversificação e acréscimo de renda aos produtores”, declarou.

Ronaldo Hojo, também pesquisador do Iapar de Santa Tereza do Oeste, falará sobre plantas de cobertura em pomares. Segundo ele, a utilização de plantas de cobertura em um sistema de cultivo de frutíferas tem a função de manter a umidade no solo, fator indispensável para produção.

“Além disso, ele tem a função inibir o desenvolvimento de plantas daninhas nas entrelinhas dos pomares, atrair inimigos naturais de pragas, além de insetos polinizadores, melhoria da qualidade do solo, como fertilidade, estrutura, entre outros, facilitar o processo de colheita, pelo manejo da planta de cobertura formando um mulching (técnica de cobertura do solo)”, explicou.

O outro palestrante será Reginaldo de Souza, pesquisador da Embrapa Uva e Vinho. Reginaldo apresentará uma série de cultivares para o processamento desenvolvidas pelo programa de melhoramento genético de uvas para suco da Embrapa, como por exemplo BRS Violeta, BRS Magna, BRS Cora, BRS Rúbea, BRS Carmem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.