Vasatta quer que projeto sobre ar condicionado nos ônibus entre na pauta

Pela proposta, todos os ônibus deverão possuir ar condicionado em até três anos (Marcelino Duarte/Assessoria de Imprensa/CMC)

O vereador Jaime Vasatta (Podemos) pediu ao presidente da Câmara, Alécio Espínola (PSC), que inclua na pauta da próxima sessão o Projeto de Lei nº 30/2019, que determina a instalação de ar condicionado em todos os veículos do transporte coletivo urbano de Cascavel. A solicitação foi feita na forma de destaque apresentado durante a sessão de segunda-feira (27).

Segundo o texto da proposição, que é de autoria de Vasatta e de Olavo Santos (PHS), os ônibus deverão ser equipados com aparelhos de ar condicionado com dispositivo regulador de temperatura. Além disso, cada coletivo deve exibir selo de revisão do aparelho, incluindo periodicidade. O prazo para adequação é de até três anos e o descumprimento sujeita a empresa a multa, recolhimento do veículo e proibição de participar de licitação do transporte público.

Vasatta lembra em sua justificativa para o projeto que há estudos que demonstram que 45% de motoristas e cobradores sofrem com a vibração do motor dianteiro e com o calor nos ônibus, além do grande desconforto aos usuários devido à superlotação. “Cabe salientar que várias cidades brasileiras já possuem leis que obrigam os coletivos a terem o ar condicionado”, lembra o vereador.

Assessoria de Imprensa/CMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.