Trabalhadores da Unioeste e outras universidades cruzam os braços nesta terça-feira

Todas as universidades paralisação as atividades amanhã (Arquivo)

Os trabalhadores do ensino superior público do Paraná irão paralisar as atividades nesta terça-feira (20) em defesa da autonomia das universidades e contra o que eles chamam de desmonte do ensino público promovido pelo Governo Beto Richa (PSDB). A mobilização, chamada de “Dia Estadual de Defesa das Universidades Públicas”, atingirá as sete univerisades do Estado. A paralisação atingirá também a Unioeste.

Segundo os sindicatos que representam os trabalhadores, o processo de sucateamento da educação pública vem se acentuando no Paraná pela política do atual governo. Os sindicatos vêm denunciando ao longo dos últimos anos a série de dificuldades com corte de repasses, déficit de quadro de pessoal, falta de incentivo nas carreiras docente e técnica, entre outras questões que tem comprometido o funcionamento das instituições.

A mais recente ameaça, segundo lideranças sindicais, é a implantação do sistema de recursos Meta 4, software de acompanhamento e controle do quadro de pessoal implantado em órgãos da administração estadual do Paraná. Sendo assim, o controle de pagamentos fica centralizado no Governo do Estado, porém os planos de carreira do governo se diferenciam dos planos de carreira das Universidades, processos simples de avanço de carreira podem perder agilidade.

Se implantado, o Governo controlaria desde os concursos, vagas de técnicos e docentes até o avanço de carreiras. A justificativa seria dar maior transparência dos gastos, porém na opinião dos sindicatos é mais uma tentativa de sucateamento do ensino público e atacar a autonomia universitária garantida pela Constituição de 88 e pela Constituição Estadual.

Em represálias as universidades que não aceitaram por meio de assembleias dos Conselhos Universitários, o Governo Richa recentemente cortou verbas de custeio e manutenção da Unioeste, UEL (Universidade Estadual de Londrina) e UEM (Universidade Estadual de Maringá).

Na Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná) as aulas serão paralisadas, enquanto o Hospital Universitário manterá os serviços essenciais e emergenciais. Os servidores estarão mobilizados a partir das 9h na reunião do COU (Conselho Universitário) que, entre os temas, tratará da questão do Sistema de recursos humanos Meta 4.

(Com informações da Assessoria do Sinteoeste)

 

 

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.