Terceirização: Em reunião com Sismuvel, prefeito reafirma garantias de zeladoras concursadas

” Paranhos e equipe esclareceram dúvidas apresentadas hoje pelo sindicato dos servidores em relação à extinção do cargo (Foto: Secom)

As garantias adquiridas pelas zeladoras concursadas do Município voltaram à pauta na tarde de hoje (29) no gabinete do prefeito Leonaldo Paranhos, que atendendo a um pedido do Sismuvel recebeu parte da diretoria que representa os servidores públicos municipais para discutir o anteprojeto de lei que será votado na próxima semana da Câmara de Vereadores, e que prevê a extinção dos cargos de zelador, de auxiliar de manutenção e de auxiliar de serviços gerais.

O prefeito recebeu os representantes dos servidores junto com o secretário de Planejamento e Gestão, Edson Zorek, e com a diretora do Departamento de Gestão de Pessoas, Vanilse Silva Schenfert, que explicaram o impasse que a Prefeitura enfrenta. O presidente da Câmara de Vereadores, Aldino “Gugu” Bueno, também acompanhou o encontro.

Com a aprovação o Município terá condições legais de terceirizar o serviço de zeladoria e limpeza e atender rapidamente uma demanda emergencial por esses serviços principalmente nos Cmeis. Sem a extinção dos cargos, a prefeitura não pode optar por essa alternativa, ficando obrigada a contratar apenas aprovados em novos concursos.

Sem prejuízos

Também ficou esclarecido que as 873 zeladoras concursadas não sofrerão prejuízos, uma vez que as que já estão no quadro continuarão tendo os avanços de carreira normalmente. A longo prazo, elas inclusive podem ter benefícios, como melhorias salariais devido ao menor impacto que futuros reajustes à categoria possam oferecer no índice prudencial.

A possibilidade de discutir a médio prazo algum benefício salarial aos zeladores não foi descartada, uma vez que o prefeito já havia solicitado ao Departamento de Gestão de Pessoas um estudo de impacto e o perfil salarial da categoria, que tem uma das menores rendas no Município. O assunto voltará a ser discutido novamente no gabinete na quinta-feira (1).

(Secom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.