Teatro Municipal será palco para a Conferência Estadual de Cultura do Paraná 201

Neste domingo (27), Cascavel vai sediar a Conferência Estadual de Cultura 2017 convocada para eleger os novos representantes da sociedade cível no Conselho Estadual da Cultura, o Consec. As eleições, que estão sendo realizadas nas oito macrorregiões histórico-culturais do Estado, entre os dias 19 de agosto e 3 de setembro, têm cerca de 1 mil pessoas cadastradas como eleitores e 54 candidatos a representantes das macrorregiões e das áreas artístico-culturais que foram habilitados como delegados-candidatos.
No domingo o eleitor cadastrado deverá comparecer com um documento oficial com fotografia no Teatro Municipal Sefrin Filho, das 14h às 17 horas, para votar no candidato da macrorregião a que pertence. O eleitor que não apresentar a documentação solicitada não poderá participar do processo eleitoral.
Durante o processo da Conferência serão escolhidos os conselheiros titulares e suplentes, representantes das oito regiões histórico-culturais, bem como os representantes das 10 áreas artístico-cultuais: artes visuais; audiovisual; circo; ópera; dança; música; literatura, livro e leitura; patrimônio cultural material e imaterial; e manifestações populares, tradicionais e étnicas da cultura.
Por Cascavel
Antônia Marlene Vilaca é servidora da Unioeste há 21 anos, faz parte do Coral Municipal de Cascavel e também atua no Conselho Municipal de Políticas Culturais do Município de Cascavel na gestão 2016/2017 pela área da Música. “Acredito que é imprescindível a união da classe artística e que nossos representantes possam realizar de fato a integração e a cooperação entre os Conselho de Políticas Culturais nas esferas Municipal, Estadual e Federal. E é por este motivo que quero ser Conselheira Estadual de Cultura e por isso estou pedindo o voto e todos os eleitores”, dise Antônia.
O Consec
Criado pela Lei 17063/12, o CONSEC é composto por 36 membros, numa estrutura paritária, com representantes do poder público e da sociedade civil. O primeiro CONSEC foi eleito em 2012 para um mandato de dois anos, concluído em 31 de julho de 2014. A segunda gestão tomou posse em agosto de 2015 e concluiu o mandato em 8 de agosto deste ano.
Entre as atribuições dos conselheiros estão: fiscalizar a execução dos projetos culturais e a aplicação de recursos, emitir pareceres sobre questões técnico-culturais, participar da formulação de políticas públicas do Governo do Estado na área da cultura, incentivar a proteção do patrimônio cultural, valorizar as manifestações culturais locais e regionais, incentivar pesquisas sobre a cultura paranaense, entre outras importantes ações.
(SECOM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.