Sesau alerta: Capacidade das UPAs está no limite

A Secretaria Municipal de Saúde de Cascavel (Sesau) informa que as Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), serviço de referência para atendimentos dos casos de urgência, encontram-se no seu limite.

Informamos que, neste momento, não há mais macas disponíveis em nenhum destes serviços. As UPAS possuem, cada uma, um total de 20 vagas para leitos de observação, onde os pacientes devem permanecer para estabilização e três leitos de suporte para os pacientes de maior gravidade. Na UPA Brasília, 35 pacientes estão em observação e, destes, 18 aguardam leito hospitalar, sendo três em leitos de suporte. Na UPA Tancredo, 23 em observação, dos quais nove aguardando leito hospitalar. Na UPA Veneza: 4 pacientes no suporte;  37 pacientes em observação, sendo que 22 estão aguardando leito hospitalar via central de leitos e 13 via fluxo de ortopedia.
As equipes de plantão estão comprometidas em receber, acompanhar e tratar os pacientes da melhor forma possível, mesmo diante das dificuldades e sobrecarga de toda a estrutura. Informamos também que as ambulâncias do SAMU e SIATE estão ficando retidas, pois não há outro lugar para acomodar os pacientes além da maca de origem.
A despeito dos esforços das equipes em agilizar transferência de pacientes, como já é de conhecimento de todos, a transferência para leitos hospitalares é de responsabilidade do Estado do Paraná.
Como estratégia para enfrentamento da situação, solicitamos à Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (SESA) que providencie a imediata abertura da enfermaria G2, com 30 leitos, já discutido e pactuado como estratégia durante a reforma do Pronto Socorro do HUOP e/ou o pagamento de leito administrativo (rede privada) via Estado para os pacientes que aguardam vaga hospitalar nas UPAS, possibilitando o restabelecimento das atividades.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.