Série B: Guarani, América-MG, Vila Nova e Inter vencem

Internacional venceu o jogo fora de casa (Ricardo Duarte/Internacional)

A 13ª rodada da Série B do Brasileirão segue agitada. Mais quatro jogos foram realizados nesta terça-feira (11), com destaque para a vitória do Guarani por 1 a 0 sobre o Goiás. Com o resultado, o Bugre vai reassumindo a liderança da competição. Também na briga pelo G-4, América-MG, Vila Nova-GO e Internacional garantiram três pontos.

No Brinco de Ouro, o Guarani venceu o Goiás por 1 a 0. No primeiro tempo, o Bugre criou boas chances, mas não contava com a noite inspirada do goleiro Marcelo Rangel. Em uma das finalizações, Samúdio saiu na cara do gol, mas Rangel defendeu com a ponta dos dedos. Na melhor oportunidade para o Goiás, o chute de longe de Jean Carlos bateu no travessão. O gol da partida saiu aos 32 minutos do segundo tempo. Luiz Fernando cruzou direto na cabeça de Samúdio, que subiu mais que a defesa e mandou no canto esquerdo de Rangel. Com a vitória – e a derrota parcial do Juventude-RS para o Náutico, o Bugre vai reassumindo a liderança da Série B (tem 25 pontos e uma vitória a mais que o Juventude). O Goiás, com 17, aparece em décimo lugar.

Jogando em casa, no Independência, o América-MG venceu o Boa Esporte-MG por 2 a 0 e segue firme dentro do G-4 – é o terceiro colocado, com 23 pontos. O Boa até iniciou o jogo pressionando, mas foi o Coelho quem saiu na frente. Aos 42 minutos do primeiro tempo, Ruy soltou uma bomba do meio da rua e marcou: golaço! Inspirado, o meia marcou o segundo aos 11 minutos da etapa complementar. Norberto tocou para Ruy, que mandou mais um chute forte de canhota: 2 a 0. Com a derrota, o Boa Esporte segue com 16 pontos, mas perdeu uma posição na tabela. Agora ocupa o 14º lugar.

O Vila Nova-GO também levou a melhor jogando em casa nesta terça-feira. No Serra Dourada, o time bateu o Paraná por 3 a 2. Dominando a partida, os goianos abriram o placar aos 39 minutos do primeiro tempo, com gol de Moisés. Aos 41, Alan Mineiro recebeu de Alípio e marcou o segundo. Na volta do intervalo, o terceiro gol do Vila saiu de pênalti, aos 14 minutos. Após Wallace colocar a mão na bola, Alan Mineiro bateu no canto e converteu: 3 a 0. A reação do Paraná começou aos 26 minutos. Minho recebeu e chutou forte de fora da área para descontar. Aos 44, João Pedro cobrou falta com categoria no ângulo de Luis Carlos: 3 a 2. Com a vitória, o Vila Nova segue em quarto lugar, agora com 23 pontos. O Paraná, com 17, está na 12ª posição.

O único mandante dos jogos de 20h30 que não somou três pontos foi o Ceará. No Castelão, o time cearense perdeu para o Internacional por 2 a 0. Apesar de boa posse de bola e algumas chances criadas, o Vozão não conseguiu marcar em Fortaleza. Já o Inter pressionou do início ao fim e conseguiu a vitória. O primeiro gol saiu aos 11 minutos da etapa inicial. Edenílson cruzou na medida para William Pottker, livre, marcar. Aos 19, após bola na trave de Uendel, a bola foi para escanteio. Na cobrança, Cláudio Winck ficou com a sobra e arriscou de longe. Éverson defendeu, Potteker perdeu o rebote, mas Nico López apareceu para mandar um chutaço de primeira: 2 a 0. Com a vitória, o Colorado ultrapassou o próprio Ceará e subiu para o quinto lugar, com 21 pontos. O Vozão, com 18, caiu para sétimo.

(Assessoria CBF)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.