Riviera: Prefeitura pretende derrubar liminar e entregar moradias em julho

Procurador jurídicio, Luciano Braga Côrtes esteve hoje no TJ (Divulgação/Secom)

O procurador jurídico do Município de Cascavel, Luciano Braga Côrtes, esteve na manhã desta quinta-feira (22) no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) para acompanhar o andamento do processo que impede a entrega das 2.089 moradias do Conjunto Habitacional Riviera, na região do bairro Floresta.

Uma liminar concedida pelo Tribunal suspendeu o sorteio das moradias, após um grupo de 19 pessoas contestar o formato da escolha das famílias beneficiadas.

Braga Côrtes confirmou que a sessão que irá acontecer no dia 4 de julho quando será julgado o mérito da questão. A expectativa da prefeitura é de que a liminar seja derrubada para que as famílias possam receber suas casas.

Caso a liminar seja cassada, o conjunto deverá ser inaugurado ainda em julho, em uma data que será escolhida.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.