Refic 2017: expectativa é arrecadar R$ 25 milhões

Depois de intensa discussão e diálogo entre Executivo e Legislativo, os vereadores de Cascavel aprovaram, em segunda votação o Anteprojeto de Lei Complementar 03/2017 que institui o Refic – Programa de Recuperação Fiscal de 2017 que vai beneficiar contribuintes com dívidas vencidas até 31 de dezembro de 2016 e multas pecuniárias vencidas até 30 de junho de 2017.
De acordo com o texto aprovado na tarde de hoje (8), para dívidas vencidas até 31 de dezembro de 2016 que não estejam parceladas, ajuizadas ou não, será concedido desconto de 95% sobre juros e multa moratória para o pagamento em parcela única. Para parcelamentos em até 12 vezes, será concedido desconto de 70% sobre juros e multa. Na opção em 24 vezes, o desconto será de 50%. Já para parcelamentos em até 48 vezes, não haverá descontos de juros e multa. Em todas as opções a parcelas são fixas, iguais e não poderá ser inferior a R$ 40,00.
Para os contribuintes que já têm dívidas parceladas e vencidas até 31 de dezembro de 2016, ajuizadas ou não, no caso de pagamento em cota única, será concedido desconto de 70% sobre juros e multa. Nos parcelamentos em até 12 vezes, o desconto será de 50% e para o contribuinte que escolher opção em até 24 vezes, o desconto sobre juros e multa será de 30%.
Também ficou definido, através de emenda aprovada pelo vereadores, que o Refic não contemplará multas aplicadas pelo Procon e que os benefícios do programa de recuperação fiscal serão aplicados as penalidades pecuniárias vencidas até 31 de julho de 2017.
Expectativa
De acordo com o secretário de Finanças de Cascavel, Renato Segalla, a partir da sanção da lei que deve acontecer num prazo máximo de 10 dias, os contribuintes terão 60 dias de prazo para aderirem ao Refic 2017 e acertarem as contas com o Fisco Municipal. “É uma oportunidade para que contribuinte regularize sua situação junto ao Município e faça parte deste momento de transformação pelo qual Cascavel está passando”, disse.
Segundo o secretário, a expectativa é de que sejam arrecadados R$ 25 milhões com o Refic que deve ser iniciado ainda dentro do mês de agosto. “São recursos importantes que, somados a toda economia que a gestão do prefeito Paranhos já conseguiu alcançar, se reverterão em benefícios a toda população. Hoje, já podemos acompanhar as mudanças na educação, no limpeza da cidade, avanços na saúde e, com esse reforço de caixa, vamos avançar ainda mais”, completou.
(SECOM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.