Qualidade dos serviços prestados na atenção básica de Cascavel é certificada

Dez USFs receberam o Selo Bronze de Qualidade e 5 o Selo Prata, reconhecendo os processos de trabalho e gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes

Secom

“Sempre o Estado vem nos trazendo boas notícias nos últimos tempos e hoje, este reconhecimento – fruto do esfroço de quem atua na base, na vida real da população”, enfatizou nesta manhã (4) o secretário de Saúde, Rubens Griep, ao receber junto com as equipes de saúde e de 15 unidades os Selos de Qualidade Bronze e Prata que foram entregues em cerimônia realizada na FAG, pelo secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Nardi, junto com a chefe da 10ª Regional de Saúde, Arlene Fernandes.

Rubens destacou o apoio da nova chefia da 10ª Regional de Saúde na luta para a melhoria da saúde pública em Cascavel e reconheceu o incentivo permanente do Estado, e disse que “o Município tem uma dívida histórica com a atenção primária, a qual “estamos tentando corrigir desde janeiro do ano passado”.

Em um ano a nova gestão já viu, por exemplo, dobrar a cobertura em atenção básica. A Estratégia de Saúde da Família saltou de uma cobertura de 11,92% em 2012 – quando Cascavel contava com apenas dez equipes, para 47,50% neste ano, quando passamos a contar com 44 equipes credenciadas. A meta é implantar, ainda em 2018, mais 20 ESFs.

“Junto com a expansão quantitativa, comemoramos o esforço na qualificação dos processos de oferecer qualidade naquilo que as equipes fazem, e fazem muito bem feito e, já no ano passado, nos cadastramos para buscar a certificação no Estado, quando sete equipes já conseguiram o Selo. É uma honra para Cascavel participar, pois temos contado com o apoio do Estado na melhoria dos nossos processos de atendimento, pois isso passa também pela melhora na estrutura, que é um passo importante para devolver à população o cuidado necessário”, continuou Griep.

Ele agradeceu ao secretário pelo fato do Estado garantir aportes financeiros que têm possibilitado, por exemplo, neste momento reformar 23 unidades de saúde, incluindo as cinco do interior. “Além disso nossas equipes da zona rural contam com transporte novo, com recursos do Estado; nossa Odontologia teve 40% dos equipamentos trocados e nossa qualificação tem-se dado com apoio direto, fundo a fundo, possibilitando às nossas equipes fazerem um bom trabalho”.

Receberam o Selo Bronze as USFs Pioneiros Catarinenses, Espigão Azul, Cataratas, Lago azul, Maria Luiza, Periollo, Rio do Salto, Jardim Ipanema, São Francisco de Assis e Navegantes, totalizando dez unidades que tiveram avaliados 105 itens inerentes ao processo de trabalho e segurança do paciente nos serviços de saúde.

Já no Selo Prata foi entregue às USFs Juvinópolis, São Salvador, São João, Santo Onofre e Cidade Verde, que tiveram avaliados outros 108 itens relacionados diretamente aos processos de trabalho e gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes, enfatizando todas as linhas de cuidado, como saúde da criança e do adolescente, saúde da mulher, saúde do homem, saúde mental entre outros.

O Selo Bronze reconheceu os itens que visam garantir a segurança do cidadão e da equipe e o Selo Prata tem como objetivo aprimorar as ações desenvolvidas e gerenciar os processos de trabalho agregando valor aos cidadãos.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.