Presidente da Colômbia diz que naufrágio deixou seis mortos e 31 desaparecidos

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse que o naufrágio do barco turístico El Almirante nesse domingo (25), na represa de Guatapé, deixou seis mortos e 31 desaparecidos. A informação é da Agência EFE.

“Até agora, tivemos informação de seis pessoas mortas, três que estão no hospital e três que foram resgatadas pelos mergulhadores”, afirmou o presidente que seguiu para o local do acidente. Segundo ele, 122 pessoas estão bem e 31 são consideradas desaparecidas.

Santos comentou que alguns dos 31 desaparecidos podem estar com as pessoas que ajudaram a resgatá-los no momento do afundamento do barco.

O presidente colombiano acrescentou que é um trabalho difícil, porque a água é muito fria, e que os mergulhadores trabalharão o tempo que for necessário para resgatar as vítimas.

Juan Manuel Santos descartou a possibilidade de que o naufrágio tenha ocorrido por excesso de passageiros, apesar de as investigações sobre as causas do acidente ainda não terem começado.

(Agência EFE)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.