Pregão para contratar cópias e impressoras tem participação de entidades

O processo licitatório que será aberto pelo Departamento de Compras da Prefeitura nesta quarta-feira (5), às 14 horas, para contratação de empresa especializada (em regime de comodato) em fornecimento de equipamentos para impressão, cópias e digitalização de documentos, foi elaborado com a efetiva participação de representantes do Observatório Social, do Sebrae e da Câmara de Informática da Associação Comercial e Industrial de Cascavel Acic). “Provocamos a participação destas entidades com o objetivo de estimular a participação do maior número possível de empresas, preferencialmente de Cascavel e, além disso, como tem ocorrido, realizarmos um processo com absoluta transparência e com o máximo de economia para o município”, enfatizou o prefeito Paranhos.

A licitação, na modalidade de pregão presencial – portanto, com possibilidade de lances de preços -, é composta de um lote com cinco itens: fotocópias e impressões; cópias coloridas com cobertura de até 15% da página; cópias coloridas com cobertura de 16% a 40% da página; cópias coloridas com cobertura acima de 41% da página e serviço de cópias por metro linear de impressão A0. O valor total é de R$ 1.627.702,00.

Mudança
O objetivo do pregão é comprar um serviço e pagar apenas pela área efetivamente impressa. Hoje, o município paga por página, independente do campo de impressão e, mesmo o servidor optando pela impressão em preto e branco o custo final se iguala ao da impressão em cor, que é de R$ 0,36 por página. O gasto por equipamento é de R$ 326,28, com custo mensal de R$ 122.355,71 para 375 máquinas multifuncionais, o que totaliza um gasto anual de R$ 1.468.268,52.

A nova proposta, segundo o diretor do Departamento de Informática, Adriano Oliveira, é de que a empresa vencedora da licitação forneça 550 máquinas (hoje são 355) com novas tecnologias, com impressões em três níveis (PB, AO e colorida), além do software de gestão ao custo estimado de R$ 245,64 por equipamento, com gasto mensal de R$ 135.105,33 e anual de R$ 1.621.264,00, “que com a concorrência da licitação deve cair ainda mais”, acredita Adriano.
O diretor do Departamento de Compras da Prefeitura lembra que o pregão será transmitido ao vivo pela internet (canal do município no youtube), pela página da Prefeitura no Facebook e está aberto à participação de qualquer interessado.

(Agência Brasil)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.