Por segurança, muros de escolas são demolidos em Cascavel

Demolição aconteceu em duas escolas na manhã de hoje (Divulgação/Secom)

Como resultado das vistorias realizadas ontem (21) nos muros das Escolas Municipais Maria Tereza Abreu de Figueiredo, do Bairro Santa Cruz, e Emília Galafassi, no Jardim Social a secretaria de Serviços e Obras Públicas e a Cohavel realizam nesta manhã (22) os trabalhos de demolição das partes comprometidas com problemas estruturais com trincas e rachaduras.

A secretária de Educação, Márcia Baldini, acompanhou os trabalhos e explicou o objetivo da medida. “Ficou decidido ontem que seriam recortados os espaços mais comprometidos dos muros e colocado tapume nos locais, até que seja concluído o processo licitatório para a reconstrução dos mesmos”, detalhou a secretária.

No caso da Escola Municipal Maria Tereza Abreu de Figueiredo, do Bairro Santa Cruz, cuja escola tem cerca de 40 anos, foi feito um recorte de 9 metros no muro, retirando a parte com maior comprometimento. No local o projeto prevê a reconstrução de toda a frente da escola para este ano, com pórtico e fachada mais moderna ainda, e a revitalização da escola para o ano que vem. “Não queremos correr riscos com um muro tricando, então nos antecipamos com esta medida preventiva até que a licitação seja concluída”, detalhou Márcia.
Como semelhante situação foi diagnosticada na Escola Municipal Emília Galafassi, do Jardim Social, as árvores que comprometerem a edificação do muro foram retiradas e um trecho de 16,5 metros do muro foi derrubado hoje (22), para ser reconstruído na sequência. “Era uma situação que vínhamos acompanhando e que não poderíamos mais adiar, pois as colunas aqui foram construídas com uma distância muito grande uma da outra, o que acabou comprometendo a estrutura”, explicou a secretária.
Cmei Raio de Luz
O Cmei Raio de Luz, cujo muro faz divisa com a construção do Salão Comunitário do Bairro Claudete e que também está comprometido pela presença de árvores antigas, ainda depende de uma negociação com a associação de moradores para uma possível permuta para que o prédio seja cedido para a Educação ampliar o Centro Municipal de Educação Infantil e fazer a derrubada e reconstrução do muro, o que deve ocorrer nos próximos dias.
Cmei Selony Bueno
Inaugurado em fevereiro de 2015, o Cmei Selony Bueno Drehmer, do Bairro Tarumã, já apresenta problemas estruturais no muro, mas como ainda está na garantia, a Construtora Xerri e Noal, responsável pela obra, será notificada para fazer os reparos necessários.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.