Polícia investiga furto e morte de jacaré

Fato registrado na 15ª SDP (Subdivisão Policial) pela direção do Zoológico de Cascavel, da conta de que no dia 11 de outubro por volta das 17h30, foram feitas as contagens dos animais dentro do zoológico, estando todos os jacarés ali existentes.

Entretanto, em nova contagem no dia 13 , por volta das 08h, o serem tratados, o funcionário tratador dos animais constatou a falta de um jacaré, tendo de imediato comunicado á direção.

Buscas foram desenvolvidas por equipes do Zoológico, no local e áreas periféricas, não sendo o animal localizado, o qual possui numeração de controle.

Em razão disto, se concluiu pelo furto do jacaré, tendo sido presumido que indivíduos desconhecidos o subtraíram, se evadindo pela Rua Horalino Bilibiu, tendo a direção procedido ao registro da ocorrência na 15ª SDP.

Por volta das 09h30 daquele mesmo dia, Guardas Patrimoniais encontraram animal já morto, sem a cabeça e o rabo, num riacho no Parque São Paulo, na baixada da Rua Regente Feijó.

Equipe do GDE – Grupo de Diligências Especiais vem desenvolvendo diligências para apuração dos fatos, sendo que as circunstâncias e indefinição de dia e horário da prática delituosa dificultam a ação policial, que continua sendo desenvolvida.

 

(Assessoria 15ª SDP)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.