Petrobras confirma que não há mais óleo no mar decorrente de vazamento

Após sobrevoo realizado no início da tarde de ontem (25), a Petrobras comunicou, em nota, que não há mais óleo no mar decorrente do vazamento ocorrido durante a operação de transferência da plataforma P-58, localizada a 80 quilômetros do litoral sul do Espírito Santo. Segundo a empresa, a constatação comprova “a efetividade das ações de respostas à emergência adotadas pela companhia”.

As ações foram acompanhadas pela Marinha do Brasil, pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com a Petrobras, a comissão interna de investigação e análise, criada no sábado (23), continua apurando as causas do acidente.

O vazamento ocorreu na madrugada do último sábado, devido ao rompimento do mangote durante operação de transferência de óleo para navio aliviador, sendo imediatamente suspensa após a detecção do problema, informou a empresa.

Não houve vítimas. A plataforma continua em funcionamento.

(Agência Brasil)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.