Paranhos recepciona ministro e governador para inauguração da unidade da PRF

Solenidade contou com vários anúncios para a área da segurança pública em Cascavel

O prefeito Leonaldo Paranhos recepcionou nesta manhã (23) o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e o governador do Paraná, Beto Richa, para a inauguração da nova unidade operacional da PRF (Polícia Rodoviária Federal) no Km 580 da BR-277, na saída para Curitiba em Cascavel, ato que contou ainda com a presença do diretor geral da PRF, Renato Dias; do superintendente da PRF no Estado, Adriano Furtado; do secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, Júlio Reis, entre outras autoridades.

Com aproximadamente 90 quilômetros de cobertura de trecho, a nova unidade atenderá todo o perímetro urbano da BR-277, que corta Cascavel, onde o fluxo de veículos é intenso. Com valor de R$ 3,6 milhões, a unidade possui blindagem e foi construída pela concessionária Ecocataratas por ocasião das obras de duplicação da BR-277. Ao todo são 3.600 m², sendo que 1.272 m² cobertos.

Anúncios
Durante a visita, o ministro Jungmann defendeu liberação de recursos federais e um “contrato de gestão com todos os estados e municípios” para que haja mudança de indicadores na segurança pública e aumento da sensação de segurança entre a população.

Ele garantiu a liberação de R$ 150 milhões para ampliar a estrutura da Polícia Rodoviária Federal e anunciou a abertura de concurso público para a PRF, com pelo menos 500 novas vagas, além de outras 500 vagas para a Polícia Federal.

Construção da Apac é garantida

O ministro também anunciou R$ 10 milhões do governo federal para a construção da sede da Apac (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) de Cascavel, uma luta que o Município de Cascavel abraçou ainda no ano passado. Em agosto foi assinado o termo de cessão de uso de um terreno na saída para Corbélia para a edificação da obra. Localizado no lote 104 da Fazenda Piquiri, às margens da BR-369, a área conta com 48 mil metros quadrados.

Paralelamente o governador Beto Richa garantiu recursos do Estado para o custeio da unidade, o que foi prontamente agradecido pela juíza Cláudia Spinassi – principal batalhadora pela conquista da área e da obra, que terá capacidade para cerca de 280 presos. Ela agradeceu a todos os envolvidos, dentre eles o prefeito Paranhos, que acompanha a luta pela conquista da sede desde o período em que atuava como deputado estadual.

Viaturas e sistema rádio digital
Durante o ato em que também foram entregues 15 novas viaturas para a unidade, ocorreu o início das operações de comunicação por rádio digital no Paraná.

Com cerca de R$ 12 milhões já investidos, a rede de comunicações digital utiliza o protocolo europeu TETRA e está sendo implantado pela PRF e órgãos parceiros em 12 estados (AP, RR, AM, AC, RO, MT, MS, GO, PR, SC, RJ, DF). Os parceiros da PRF incluem diversas Secretarias Estaduais de Segurança Pública, o Departamento Penitenciário Nacional, entre outros. O presídio federal em Catanduvas já conta com essa tecnologia, nos moldes da parceria com a PRF.

O sistema funciona como uma rede de telefonia celular, não importando onde as equipes se localizem, desde que estejam dentro da área de cobertura. Além disso, o sistema permite chamadas individuais ou em grupo e a troca de mensagens de texto.
Todo terminal tem localização por satélite, o que permite às centrais o encaminhamento das equipes, reduzindo o tempo de atendimento. Atualmente esta cobertura atinge 80% do trecho rodoviário federal no estado do Paraná, com perspectiva de cobertura total até 2019.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.