Paraná intensifica prevenção de incêndios florestais e no transporte de cargas perigosas

Termo de cooperação entre as secretarias da Segurança Pública e do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo prevê a união de esforços entre o Corpo de Bombeiros e o Instituto Água e Terra (IAT) para na preservação e proteção do meio ambiente.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública assinou nesta segunda-feira (10) um Termo de Cooperação Técnica e Financeira com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (Sedest) e do Turismo para que o Corpo de Bombeiros e o Instituto Água e Terra (IAT) unam esforços na preservação e proteção do meio ambiente.

Ainda no evento, foram anunciadas assinaturas de convênio com o Batalhão de Operações Aéreas (Bpmoa) e um termo aditivo com a Polícia Ambiental (BPAmb).

O termo assinado com o Corpo de Bombeiros visa o desenvolvimento de ações voltadas ao monitoramento, prevenção e combate a incêndios florestais e acidentes envolvendo o transporte, manuseio e armazenagem de produtos químicos perigosos, assim como a promoção ambiental e a preservarão do meio ambiente.

A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável repassará R$ 2 milhões à Secretaria da Segurança Pública para serem investidos em equipamentos que auxiliarão o Corpo de Bombeiros na prevenção e no combate às queimadas, além de outras ações.

De acordo com o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, a parceria beneficia a população. “Com o recurso repassado pela Secretaria do Desenvolvimento Sustentável poderemos investir para que possamos atuar com excelência no combate às queimadas, por exemplo. Atualmente, isso é muito importante, tendo em vista que o Paraná está enfrentando um grande período de estiagem que não tem data para ir embora”, disse.

Para o secretário da Sedest, Márcio Nunes, a assinatura do termo de cooperação entre o Corpo de Bombeiros e o IAT marca um momento histórico no Estado. “O meio ambiente depende muito da Segurança Pública, e todos nós dependemos do meio ambiente, ou seja, a vida depende. A parceria com o Corpo de Bombeiros traz uma tratativa de combate a incêndios florestais e também em relação às cargas perigosas, visto que o Paraná está na rota de muitos desses produtos”, destacou.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes, a parceria vai intensificar trabalhos que já são executados pela corporação. “Com a assinatura desse convênio teremos equipamentos à disposição e mais caminhões adequados e viaturas para que possamos continuar a fazer o trabalho, de uma maneira melhor, frente a esse tipo de ocorrência, como de incêndios florestais”, explicou.

CONVÊNIO E TERMO ADTIVO – Além da parceria já firmada com o Corpo de Bombeiros, outras duas assinaturas de termos foram anunciadas pelas duas secretarias estaduais, prevendo o repasse de R$ 4 milhões que devem ser divididos para dois batalhões especializados da Polícia Militar do Paraná.

Um dos convênios prevê suporte do Batalhão de Operações Aéreas da Polícia Militar do Paraná (Bpmoa) no cumprimento de missões legais do IAT e da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

A outra assinatura anunciada é a do Termo Aditivo de Cooperação Técnica e Financeira entre a Sedest e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), que altera as denominações das partes envolvidas e das obrigações, dos recursos e do plano de trabalho de ambas.

“A assinatura do termo aditivo vai trazer mais recursos para aquisição de materiais para melhorar a fiscalização ambiental em todo o Estado do Paraná”, explicou o comandante da Polícia Ambiental, tenente-coronel Adilson Luiz Correa dos Santos.

“O termo aditivo com a Polícia Ambiental é essencial para que possamos continuar o trabalho de prevenção às queimadas e ao desmatamento ilegais, e na fiscalização aos crimes de caça e pesca clandestina. Já o convênio com o Bpmoa vai auxiliar tanto o Corpo de Bombeiros como a Polícia Ambiental em suas ocorrências”, completa o secretário Márcio Nunes.

 

BOX
Bope e muncípio de Piraquara assinam termo de cooperação

A Secretaria de Estado da Segurança Pública assinou nesta segunda-feira (10) um termo de cooperação técnica mútua entre o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e a Prefeitura de Piraquara para reforçar ações preventivas e repressivas, além de criar atividades comunitárias para o público jovem. A prefeitura fará uma reforma na sede da Companhia para melhorar as condições de trabalho dos policiais militares.

“Com o convênio, a cidade passa a ter maior movimentação de viaturas e de equipes policiais na cidade, o que ajuda a coibir a criminalidade”, disse o secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. Segundo ele, é importante esse termo para que os policiais possam desenvolver seu trabalho de maneira eficiente, sempre passando no bem- estar da população.

Com o acordo, o Bope intensificará operações e ações ostensivas mediante um planejamento de aplicação de efetivo nas regiões mais necessárias da cidade.

Desde maio os policiais militares já começaram a ocupar o espaço, que até então pertencia ao Centro de Ensino e Instrução (CEI) do Corpo de Bombeiros. A prefeitura fará as readequações necessárias do prédio às atividades e necessidades da Companhia de Choque.

“É um privilégio ter essa companhia em Piraquara, porque a Polícia Militar estará mais perto cuidando dos moradores da cidade. O terreno já era do Estado, mas nós estamos fazendo uma parceria para que a Prefeitura de possa fazer a reforma, contribuindo com as forças de segurança”, disse o prefeito Marcus Tesserolli.

Segundo o comandante do Bope, major Marcio Antônio Machado Pereira, a sede da Companhia também sediará instruções e capacitações para militares e de outras unidades da PM, por isso a importância da revitalização do espaço. “Vamos ter uma movimentação muito grande de vários policiais de outros batalhões com esses cursos. A região será bem policiada com o ir e vir de viaturas para o deslocamento da instrução e com a 1ª Companhia de Choque também fazendo o policiamento da área”.

Para estimular o envolvimento da comunidade com a segurança pública, o Bope promoverá atividades de cunho social, como recepção de crianças e adolescentes de escolas públicas do município para conhecerem de perto o trabalho dos policiais militares. Também serão feitas palestras sobre segurança patrimonial para os servidores municipais e colaboradores da cidade.

PARTICIPANTES – Participaram da assinatura do termo de cooperação técnica mútua o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares; o prefeito Marcus Tesseroli; o comandante do Bope, major Antônio Machado Pereira; e o comandante da Companhia de Choque, capitão Antônio Carlos dos Santos.

Também acompanharam o ato o secretário municipal de Piraquara, Girlei Eduardo de Lima; o assessor civil da Sesp, delegado Vinícius Augustus de Carvalho; o coordenador do setor de Engenharia da Secretaria da Segurança Pública, major Ivan Ricardo Fernandes; o capitão Rodolfo Kredens Silva; e a tenente Cibele Toniolo, ambos pertencentes ao Bope.

Foto: Peter J. Wilson

(AENPR)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.