Oficina do Pão certifica mais 24 alunos no Interlagos

Alunos da terceira turma deste ano da Oficina do Pão receberam nesta manhã (4) o certificado de conclusão do curso de panificação. Ao todo são 24 pessoas referenciadas pelos Cras (Centros de Referência de Assistência Social) do Município e cidadãos que utilizam a cozinha comunitária do Bairro Interlagos que aprenderam a lida, sendo incentivadas ao empreendedorismo por meio de sete saborosas receitas.

Ao lado da presidente de honra do Provopar, Fabiola Paranhos, o prefeito Leonaldo Paranhos entregou os certificados aos formandos que iniciaram o curso no dia 7 de agosto e o concluíram no dia 28 de setembro. “Fiz questão de estar aqui para reconhecer este trabalho que incentiva a busca por uma profissão, pois sempre conversamos, a Fabiola e eu, que o Provopar não pode ser apenas um alimentador de pessoas, sem perspectiva. As pessoas não querem ficar dependentes a vida toda e precisam ter condições de ter sua independência incentivada por meio de cursos, como este por exemplo, que podem ser o início de uma profissão, que traz uma esperança de renda e autoestima”.
Kit de iniciação
Além do certificado, que facilita o acesso ao mercado de trabalho, os formandos recebem a apostila com as receitas e um kit composto por farinha, açúcar, fermento, sal, fubá, leite e óleo. Os produtos são suficientes para a produção de 12 pães, com pelo menos três diferentes receitas para dar continuidade ao curso em casa.
“Este kit pode ser transformado tanto em consumo familiar ou para dar início a uma fonte de renda. Sabemos de alguns alunos que os vizinhos já estão solicitando para a venda, o que é muito positivo, pois  incentiva o empreendedorismo”, ressaltou Fabíola, lembrando que o Provopar já prepara uma festa comemorativa aos 30 anos, que será no dia 7 de novembro, na Associação Atlética Comercial.
Sobre o curso
Durante as sete semanas de curso, que é realizado de segunda a sexta-feira das 8 às 14 horas, os alunos aprendem as receitas variadas.
Eles começam aprendendo a fazer o pão caseiro simples, depois passam para o pão caseiro com ovo, seguem para o caseiro com ovo e leite, evoluem na semana seguinte para o caseiro com leite, ovo e farinha de trigo melhorada até chegar no pão com fubá e partir para a cuca, até finalizar o curso fazendo o pão doce. Após 80 horas de curso, saem capacitados para fazer pão para a família ou para iniciar uma profissão ou conquistar uma renda extra em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.