OAB para Todos firma compromisso pela renovação e contra a reeleição

Integrantes da Chapa OAB para Todos firmam compromisso público em favor da alternância do poder (Foto: Divulgação)

Um manifesto realizado na tarde desta segunda-feira (29), em Cascavel, por integrantes da chapa “OAB para Todos”, firmou compromisso público – registrado em cartório – em lutar pela renovação e alternância do poder nas eleições da OAB.

De acordo com o documento, os membros da diretoria comprometem-se em não buscar novo mandato caso obtenham êxito nas urnas, na eleição agendada para o dia 22 de novembro próximo.
“Queremos mostrar que a OAB não pode ficar concentrada nas mãos dos mesmos e deve estar aberta à ampla participação e contribuição de todas as advogadas e advogados que queiram contribuir com sua gestão e bandeiras. É um manifesto pela democracia e renovação constantes, pois não é saudável para uma OAB forte e de todos, um grupo ficar nove ou 12 anos no comando da entidade, como está acontecendo”, destaca o advogado Jurandir Ricardo Parzianello Junior, candidato a presidente da Ordem.
“Vivenciamos os efeitos da perpetuação do poder no governo federal não trazer resultados saudáveis e o povo nas urnas, demonstrou sua força e decisão de renovar. Este contexto de mudança precisa ser também ampliado para as entidades”, defende Jurandir.
“Respeitamos o trabalho feito por quem atuou até aqui, mas vivemos um momento de renovação impar, pois a alternância gera oxigenação, expansão das ideias, ideais e do modelo de gestão.” Além disso, o vice-presidente Paulo Roberto Pegoraro Júnior ressalta que “é salutar que a OAB tenha esta base democrática de não reeleição e renovação constante de seus membros e grupos, para oportunizar que diretorias formadas por novas lideranças da advocacia, que queiram deixar sua contribuição, tenham espaço para atuar em prol da classe e da sociedade. A Ordem não pode ter dono, pois é de todos os advogados e advogadas”. “Estamos demonstrando os valores que permearam nossa gestão e o compromisso concreto com os ideais democráticos da entidade, de defender o direito de ampla participação de todos os advogados e advogadas que integram a nossa Ordem, podendo servir de exemplo também para outras entidades e todas as esferas”, destaca Silvia Massaro, tesoureira da Chapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.