Novo decreto libera retorno de aulas na rede privada

Na instituições de ensino superior, as aulas poderão ser retomadas a partir do dia 31 de agosto enquanto que as aulas do Ensino Médio voltam a partir do dia 14 de setembro. Na rede pública as aulas continuam suspensas

O Diário Oficial do Município de Cascavel publicou, em edição extraordinária nesta quinta-feira (20), o Decreto nº 15.621, que flexibiliza algumas atividades que estavam suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Uma delas, é o retorno das aulas presenciais na rede privada. Já na rede pública, as aulas continuam suspensas.
Pelo novo decreto, as aulas no Ensino Médio privado podem retornar a partir do dia 14 de setembro. Do 9º ano do Ensino Fundamental estão autorizadas a partir do dia 28 de setembro. Já nas instituições de ensino superior o retorno poderá acontecer no dia 30 de setembro.
Os estabelecimentos de ensino deverão adotar algumas medidas para o retorno das aulas como o ensino híbrido e facultativo à adesão das famílias. Os pais ou responsáveis que decidirem pelo retorno presencial do estudante deverão apresentar termo de ciência assinado. Os estudantes poderão ser divididos em grupos, revezando por uma semana entre as aulas presenciais e as aulas remotas.
Além dessas medidas, os estabelecimento deverão demarcar com um “X” as carteiras que não serão utilizadas, a fim de cumprir o distanciamento
mínimo solicitado em consonância com a metragem da sala de aula. Recomenda-se que sejam suspensos os chamados “recreios” entre as aulas para evitar aglomerações.
Outra mudança no decreto está relacionada às casas de festas e eventos que estavam limitadas a no máximo 100 pessoas, independente da capacidade de público. Agora, os estabelecimentos com capacidade para até 100 pessoas poderão com restrição de 70% do público. Os estabelecimentos com até 400 lugares poderão receber 60% de sua capacidade e acima de 400 deverão funcionar com restrição de 50%.

(Secom Cascavel)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.