Mulher é morta a tiro pelo marido em Lindoeste, diz polícia

Uma mulher de 35 anos foi morta a tiro em Lindoeste

A briga, segundo ela, foi motivada por ciúmes. Quando o marido de Sandra chegou em casa, explicou, a mulher estava ao celular e, desconfiado, ele pediu a senha, mas não conseguiu destravar o telefone e atirou contra a mulher.

O homem fugiu levando a arma supostamente usada no crime. Na casa, a polícia encontrou outra arma, que foi apreendida.

Buscas estão sendo feitas pela região, mas até a última atualização desta reportagem o suspeito não havia sido encontrado.

O pai de Sandra disse que ela e o marido estavam casados havia cerca de 15 anos e que as brigas do casal eram frequentes — Foto: Arquivo Pessoal

, no oeste do Paraná, na madrugada desta segunda-feira (5). Segundo a polícia, o principal suspeito do feminicídio é o marido dela, que é procurado.

Ainda de acordo com a polícia, Sandra Nobre dos Santos foi assassinada depois de uma discussão com o marido. Os quatro filhos do casal estavam na casa no momento do crime.

Testemunhas disseram aos policiais militares que a mulher segurava um dos filho no colo quando foi atingida pelo tiro.

O pai de Sandra disse que ela e o marido estavam casados havia cerca de 15 anos e que as brigas do casal eram frequentes.

Uma irmã da vítima, que pediu para não ser identificada, comentou que o filho de 11 anos do casal presenciou o crime e está em estado de choque. Ele contou que a mãe estava com o bebê de um ano no colo quando foi atingida pelo tiro.

 (G1)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.