Marta é cortada da seleção feminina após testar positivo para covid

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou na tarde deste sábado (21) que a jogadora Marta foi cortada da seleção brasileira após testar positivo para o novo coronavírus (covid-19). A camisa 10 da seleção havia sido convocada para dois jogos preparatórios diante do Equador.

A defensora Camila, do Avaí/Kindermann, foi a escolhida para substituir Marta.

Segundo a CBF, “o departamento médico da seleção feminina já comunicou o clube da jogadora, o Orlando Pride (EUA), sobre o resultado do exame e prestará toda a assistência necessária”.

As 25 jogadoras convocadas se apresentarão à técnica sueca Pia Sundhage na próxima segunda-feira (23), em Guarulhos (SP).

(Agência Brasil)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.