Justiça define data para júri popular de Carli Filho

A Justiça marcou data para que o ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho seja levado a júri popular. Segundo determinação do juiz Daniel Surdi de Avelar, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, o julgamento será realizado nos dias 27 e 28 de fevereiro de 2018. Carli Filho vai responder por duplo homicídio doloso (com intenção de matar), após a morte de dois jovens em de um acidente de trânsito ocorrido em 2009. O ex-deputado dirigia em alta velocidade e estava com a carteira de habilitação suspensa.

O julgamento de Carli Filho já havia sido marcado uma vez, para janeiro de 2016, mas o júri popular acabou sendo adiado, depois que a defesa do ex-deputado interpôs recursos junto ao Supremo Tribunal de Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ao definir nova data para o julgamento, Surdi Avelar destacou que o último entrave ao julgamento, uma liminar de pedido de habeas corpus, foi revogado pelo STF, no início deste mês, abrindo caminho para que Carli Filho seja levado ao banco dos réus.

Gilmar Yared, pai do jovem Gilmar Rafael Yared, que morreu no acidente, disse que se sentiu aliviado com o agendamento do júri e espera que o julgamento possa servir de lição à sociedade. “A sensação é de alívio. Dá uma vontade de chorar muito grande. Eu, que segurei o choro esses anos todos… Esse país tem jeito. Anos atrás se pensava que seria uma utopia levar um político milionário a júri popular. Hoje, isso é uma realidade. Espero que sirva de lição àqueles que fazem do carro uma arma”, desabafou.

CASO

No dia 7 de maio de 2009, o então deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho, envolveu-se em um acidente em que dois jovens morreram. O automóvel dirigido por Carli Filho atingiu o carro dos jovens. Na época, a perícia constatou que o veículo de Carli Filho estava a cerca de 167 km/h, em uma via com limite de 60 km/h. Além disso, ele também teria ingerido bebida alcoólica.

As informações são da Gazeta do Povo e Portal Rede Sul de Notícias

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.