Juíza Grabriela Hardt condena Renato Duque e João Bernardi Filho em ação da Lava Jato

A juíza substituta Grabriela Hardt condenou o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e João Bernardi Filho em uma ação da Lava Jato pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e dissimulação de produto de crimes.

Duque foi condenado a três anos e quatro meses. A pena inicial era de 6 anos e 8 meses, mas a juíza considerou a colaboração espontânea do ex-diretor da Petrobras.

Já João Bernardi Filho foi condenado a 5 anos e 6 meses de reclusão, mas como ele tem acordo de delação premiada, Gabriela determinou que ele continue cumprindo a pena acordada com o Ministério Público. O mesmo aconteceu com o outro réu da ação penal Júlio Gerin de Almeida Camargo.

A sentença foi publicada no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná nesta segunda-feira (19).

Esta é a primeira condenação de Gabriela desde que assumiu a 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná. Ela ficará à frente dos processos da Lava Jato até que seja escolhido um novo juiz titular.

Segundo a denúncia, foram colhidas provas de que empresas fornecedoras da Petrobras pagariam, de forma sistemática, vantagem indevida a dirigentes da estatal.

As investigações afirmam ainda que João Antônio Bernardi Filho, que era representante da empresa Saipem S/A no Brasil, ofereceu e prometeu o pagamento, em 2011, de vantagem indevida a Renato Duque em troca da obtenção pela Saipem de um contrato para a instalação do gasoduto submarino de interligação dos campos de Lula e Cernambi com a Petrobras.

(G1 Paraná)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.