“Há uma intolerância muito grande”, diz Fernanda Brum sobre cristofobia

Fernanda Brum no programa The Night

A cantora e compositora Fernanda Brum foi uma das entrevistadas no programa The Noite, exibido na última sexta-feira (14) pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). A atração é apresentada pelo humorista e jornalista Danilo Gentili.

 Na ocasião, Fernanda falou de vários temas, como sua carreira, que soma 25 anos este ano e também de seus envolvimentos com missões e instituições, como Mais e Portas Abertas.

“Há mais de 200 milhões de perseguidos no planeta. Você não pode ser cristão, não pode falar na televisão que é cristão, porque vai ser morto em praça pública. Há uma intolerância muito grande”, disse a cantora.

Brum analisou o cenário global para o cristianismo. “Há mais cristãos martirizados hoje no planeta que no tempo dos discípulos. Em alguns países da África você não pode cantar uma canção evangélica”, afirmou.

 Além disso, a intérprete também divulgou o livro que conta sua história de vida. “O livro trata de assuntos sobrenaturais, trata de conversão mesmo, de gente que largou o pecado, tipo eu, e mergulhou no Evangelho puro e simples”.

“Porque sinceramente, o Evangelho não é pesado, não é um bicho de sete cabeças, é liberdade, é transformação, é deixar de fazer o que estava errado, começar a fazer o que é certo, ter unidade com o irmão, ser tolerante com o outro, apesar de discordar…”, contou.

 Por fim, Fernanda mostrou seu deslumbre com a fé cristã. “O Evangelho é lindo. Se as pessoas não tivessem tanta encrenca com a Igreja, teriam mais experiências com o Evangelho”, opinou.

(Via Gospel Prime)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.