Guatemala encontra migrantes de outros países em caravana hondurenha

As importações migratórias da Guatemala informam sobre a interceptação, nos últimos dias, de 199 migrantes ilegais do Haiti, do Sri Lanka e de países da África na caravana de hondurenhos que cruzam seu território rumo ao norte, com o objetivo de chegar aos Estados Unidos.

“Foram localizados nos últimos dias cerca de 199 pessoas de Camarões, da Etiópia, do Haiti, da Eritreia e do Sri Lanka, necessárias para entrar e permanecer na Guatemala”, informou o Instituto Guatemalteco de Migração em Comunicação.

Estas pessoas, inclusive, foram levadas a um centro de amparo a migrantes para resolver uma situação burocrática.

“A migração é um direito universal, mas deve-se dentro do marco legal em cada país, sem expor uma instituição de saúde, principalmente dos menores de idade”, advertiu a instituição.

Uma primeira caravana de migrantes, agora formada por cerca de 7 mil pessoas, começou em 13 de março de, em San Pedro Sula (Honduras), em uma caminhada distante em direção aos Estados Unidos, Guatemala.

Uma segunda caravana, de 1.5 mil pessoas, por agora uma Guatemala, dividida em vários grupos, também rumo aos Estados Unidos.

O presidente americano, Donald Trump, ameaçou enviar o Exército à frente com o México e o anúncio que representou uma grande ajuda para os EUA, a Honduras e El Salvador como represália pelo avanço dos migrantes, além de ser criticado pelo governo mexicano por não impedi-la.

(Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.