Fundetec é selecionada no processo de credenciamento do Sistema Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná

Ideia é transformar o Paraná em um Estado inovador, fazendo com que os Parques Tecnológicos se apresentem como um ambiente favorável ao desenvolvimento regional (Secom)

Os Parques Tecnológicos passaram a ganhar a atenção do Governo do Paraná, que vem apostando nessas importantes ferramentas de inovação tecnológica para avalancar o desenvolvimento de cada região do Estado. E a Fundetec foi listada na última sexta-feira (19), entre os oito parques já estabelecidos no Paraná que poderão ser certificados no Separtec, o Sistema Estadual de Parques Tecnológicos.

Com objetivo de valorizar o ecossistema de inovação o Governo do Estado do Paraná iniciou uma série de vistoria nos parques na semana passada. As visitas técnicas são realizadas por representantes da Secretaria da Fazenda, da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e do Sebrae, que estão aplicando o instrumento de credenciamento provisório dos parques tecnológicos. Na sexta-feira (19) a equipe esteve na Fundetec, em Cascavel, conhecendo a estrutura e o funcionamento também da Agrotec, visando ao credenciamento. O modelo de gestão da Fundação é o grande diferencial aos olhos dos avaliadores.

“Trata-se de um modelo com conselho deliberativo, curador e conselho municipal de inovação, que envolve a comunidade e as entidades de classe na tomada de decisões. Isso fortalece o ecossistema de inovação, fazendo da Fundetec referência no Estado”, enfatiza o presidente da Fundetec, Alcione Gomes.

Até o momento foram listadas 18 iniciativas com potencial inovador; dessas, oito parques tecnológicos já estão instalados e operando, como é o caso da Fundetec; os demais ainda estão em processo de instalação.

“Agradecemos ao presidente da Fundetec, Alcione, e ao diretor, Carlos Schulze, pois saímos dessa experiência em Cascavel muito melhores e maiores do que quando começamos os processos de credenciamento, segunda-feira [15]. O que vimos nos faz acreditar ainda mais no potencial de inovação que temos no Paraná. Como sempre falamos, a cada encontro vamos conectando novos CPFs, pessoas profundamente comprometidas com o ecossistema de inovação”, disse o secretário executivo do Separtec, José Maurino Martins.

A ideia, segundo ele, é transformar o Paraná em um Estado inovador, fazendo com que os Parques Tecnológicos se apresentam como um ambiente favorável de apoio ao fortalecimento da competitividade das empresas, com ações voltadas à inovação e à disseminação do conhecimento, por meio da interação entre empresas, universidades e centros de pesquisa. E, neste ambiente, o Separtec se propõe a ser o articulador e promotor das interações entre esses atores.

A vistoria avalia o grau de maturidade de cada parque e leva em consideração aspectos como a relação com universidades, a inserção do parque no plano diretor do Município, as perspectivas de internacionalização, além de equipamentos e serviços disponíveis. Uma das ações do Separtec é realizar o credenciamento dos parques, de forma que essa ação possa contribuir para que as instituições possam receber recursos e ou incentivos previstos na política estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O trabalho segue até o fim deste mês, até culminar num grande evento de reconhecimento e credenciamento dos parques em Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.