Fruta exótica ajuda a manter a cor do cabelo brilhante por mais tempo

Goji berry é um dos segredos da linha Pós-Coloração da Bio Extratus
 
 
Ela não é uma fruta muito conhecida por aqui, mas vem ganhando fama pelo seu potencial nutritivo. Com o aspecto de uma uva passa, só que um pouco mais comprida e totalmente vermelha, a goji berry é originária da China, mas já se disseminou pelo resto do mundo. Fora o seu sabor adocicado, os componentes dessa fruta vermelha são aliados da beleza. Por exemplo, para os cabelos, ela é um potente antioxidante que protege a cor e a saúde dos fios. 
 
Já pensou em usar esse “ingrediente” a favor das madeixas? A marca de cosméticos naturais Bio Extratus desenvolveu produtos que têm a goji berry como um dos ativos, formando a recém-lançada linha “Pós-Coloração – Proteção da Cor”. Ideal para qualquer tonalidade de cabelo, a linha é capaz de recuperar, hidratar e proteger os fios, dando mais durabilidade aos cabelos coloridos e mantendo aquela cor intensa e vibrante como no dia do procedimento da coloração.
 
Além da poderosa fruta de origem chinesa, a fórmula também possui outros ativos: aminoácidos de cereais que reparam danos internos e externos, suavizando a textura e nutrindo os fios e também o Lumicor, uma tecnologia exclusiva desenvolvida pela Bio Extratus que interage com os pontos de danos oxidativos, reparando a fibra capilar, repondo massa, hidratando e reativando o brilho dos cabelos. 
 
“A linha é bem completa, preserva as madeixas desde a limpeza até a finalização. São cinco produtos que se complementam: shampoo de limpeza suave, condicionador, banho de creme, tratamento de choque para memorização da cor e o finalizador”, descreve Letícia Fabian Barbosa, diretora comercial da Bio Ativos, distribuidora da Bio Extratus para mais de 140 cidades das regiões Oeste, Sudoeste, Centro-Oeste e Campos Gerais do Paraná.
(Assessoria)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.