Escola Ruaro faz homenagem à servidora

No último domingo (28) foi o Dia do Servidor Público, e nesta terça-feira comemora-se o Dia da Merendeira Escolar. Isso já seria motivo suficiente para prestar homenagens à Marlene da Silva de Jesus, bem como a tantas outras servidoras que diariamente se dedicam no preparo da merenda dos alunos.

Só que para a dona Marlene, ou Marleninha, como é carinhosamente chamada pelos alunos da Escola Municipal Luis Carlos Ruaro, esta terça-feira é ainda mais especial. Depois de 29 anos trabalhando na mesma escola, a Marlene se despediu da equipe de profissionais da escola e dos alunos que ela tanto gosta. Chegou a hora de desfrutar da aposentadoria após tantos anos de amor servido em forma de refeições.

Ela foi uma das primeiras funcionárias da Escola Luis Carlos Ruaro e chegou a trabalhar no tempo em que a escola ainda não atendia no atual endereço, bem no início do funcionamento da unidade. E para ela, fazer parte desta história é uma grande alegria. “Para mim sempre foi um prazer, trabalhei aqui com amor e com carinho. Vi muito aluno crescer, muitos já têm filhos, a gente agora atende os filhos deles, sempre busquei tratar todos muito bem”, conta Marlene, que lembra com brilho nos olhos o prazer de encontrar adultos que hoje confessam que não esquecem da comida do tempo da escola.

Hoje, por conta da idade, Marlene já não atua mais como merendeira, mas a data não poderia ser mais propícia para receber homenagens. A equipe da escola preparou tudo sem que ela ao menos desconfiasse: flores, uma placa de agradecimento e o carinho imensurável das crianças. Muitas até choraram ao saber que não veriam mais a Marleninha todos os dias na escola, mas ela prometeu que sempre que possível irá visitá-los.

Para quem trabalhou com Marlene não faltam elogios, a diretora da escola, Rosilei Hotz Luciano de Almeida, faz questão de enfatizar o comprometimento da colega e o amor que ela sempre demonstrou pela escola. “A Marlene acompanhou a construção da escola, durante toda esta caminha ela estava aqui, até mesmo nos momentos mais difíceis”, conta a diretora.

A história dela com a Escola Luis Carlos Ruaro é tão bonita que tem até aluno que ela ajudou a atender no passado e que hoje trabalha na mesma escola. A agente de apoio Sara Welker Pinheiro foi aluna da escola e diz que não tem como esquecer a o carinho que recebeu de Marlene na infância. “A dona Marlene sempre foi muito atenciosa e sempre fez tudo com muito amor para as crianças e a gente guarda ela no coração! “, conta Sara.

Com muitas lágrimas de saudade e de alegria, pela amizade deixada, Marlene recebeu o abraço dos colegas e dar crianças, e deixou, de lembrança na escola a roseira plantada por ela e que nesta terça-feira deu ainda mais significado à palavra gratidão.

Nossa homenagem a todas as merendeiras do município

O Setor de Nutrição Escolar também dedicou homenagens a todas as servidoras que trabalham na merenda. Em Cascavel, nas escolas municipais e nos Cmeis elas chegam a preparar aproximadamente 64 mil refeições para os alunos da Rede Pública Municipal. São elas as responsáveis por garantir uma alimentação de qualidade e saudável, além de super saborosas para os nossos mais de 30 mil alunos.

“Ser merendeira (o) escolar não é apenas saber preparar, acondicionar e distribuir alimentos, no horário próprio de cada dia, mas é uma rotina que envolve ingredientes ainda muito importantes, tais como cuidado, dedicação, carinho e amor”. As palavras são das nutricionistas da Secretaria Municipal de Educação, em reconhecimento à grandeza do trabalho realizado por estes profissionais.

(Secom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.