Depen deflagra 2ª Fase da Operação Araceli

O Depen-PR (Departamento Penitenciário do Estado do Paraná), por meio da regional de Cascavel, deflagrou nesta terça-feira (23), a 2ª fase da Operação Araceli.

Agentes penitenciários, agentes de cadeia pública, equipes do SOE – Setor de Operações Especiais, GSI – Grupo de Segurança Interna, coordenação regional, Setor de Transportes além de integrantes de outras instituições da Segurança Pública participam dos trabalhos.

O objetivo desta segunda fase, é realizar a transferência de 44 presos, custodiados na Cadeia Pública de Toledo e realocá-los na PEC – Penitenciária Estadual de Cascavel.

A operação começou nas primeiras horas do dia. Os trabalhos são coordenados pela regional do Depen em Cascavel.

Fase 01

A primeira fase da Operação Araceli foi desencadeada na segunda-feira (22), na cidade de Toledo. As equipes transferiram 60 detentos para Cascavel. Eles foram realocados na PEC.

Os trabalhos atendem ao projeto 09/2019 e consistem na reclassificação dos presos, tornando a Cadeia Pública de Toledo uma unidade para detentos que cometeram crimes contra a dignidade sexual.

O local deverá passar por uma reforma e readequação.

Araceli

O nome que batiza a operação remete a uma criança chamada Araceli Cabrera Crespo, assassinada em 18 de maio de 1973, no Espírito Santo. O corpo dela foi encontrado seis dias após o crime. A menina teve o rosto desfigurado por ácido e tinha marcas de violência e abuso sexual.

(Assessoria/Depen)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.