Dal Molin comemora retirada de livros “impróprios” da rede municipal

Dal Molin diz que livros podem perturbar a mente das crianaças (Divulgação)

O vereador Celso Dal Molin (PR), que recentemente denunciou conteúdos impróprios em livros didáticos destinados a alunos da rede municipal em Cascavel, comemorou a retirada de sete títulos que foram analisados pela Secretaria de Educação que chegou a conclusão de que os livros não podem ser utilizados em sala de aula.

Os livros, oriundos do Ministério da Educação, já começaram a ser retirados das escolas. Eles são destinados às crianças de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

Alguns livros, de forma subjetiva, procuram passar uma mensagem de ideologia de gênero. É o caso de um deles que conta a história de um peixe que se casou com uma passarinha e ambos adotaram uma rã como filha.

Em outro livro, ao contrário da história normal, o lobo mau aparece como um bom personagem, se casa com uma garotinha no final e acaba se dando bem.

Também há história de um incesto em que um rei pretendia se casar com a própria filha.

Para a Secretaria de Educação, os livros podem não ser apropriados para a idade dos estudantes.

Dal Molin parabenizou a secretária Marcia Baldin pela retirada do material.

“A partir da minha denúncia, a secretária também atendeu ao pedido, deu uma verificada em todos os livros da rede e retirou esses livros e tirou mais sete livros que não estavam de acordo com o ensino de crianças”, diz o vereador.

Para Dal Molin, os pais precisam estar atentos, observar o material dos alunos e fazer denúncias. “É uma coisa que precisamos ter muito cuidado para que não venham perturbar a mente das nossas crianças”, avalia.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.