Comunidade Indígena participa de exibição de cinema

Indígenas param para assistir ao filme (Julio Carignano)

Os moradores da Terra Indígena Ocoy, em São Miguel do Iguaçu, participaram nesta terça-feira (19) de uma exibição de cinema. Mesmo com a noite gelada de 5 a 6 graus às margens do Lago de Itaipu, adultos e crianças da comunidade lotaram uma das salas do Colégio Indígena Teko Ñemoingo para assistir “Martírio”, documentário dirigido por Vincent Calleri em 2016 e premiado em mostras e festivais nacionais e latino-americanos.

A atividade, promovida pelo Projeto Memória e Identidade Kaigang, da SETI (Secretaria de Estado Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) e o Universidade Sem Fronteiras e sob coordenação do professor Paulo Porto, da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), trouxe o cenário da luta e insurgência dos povos Guarani Kaiowa frente ao poderoso aparato do agronegócio, do lobby da bancada ruralista no Congresso Nacional e de veículos de comunicação à serviço de entidades patronais no Mato Grosso do Sul.

Martírio é o segundo filme de uma trilogia ainda em andamento de Vincent Carelli, indigenista, documentarista, criador do projeto “Vídeo nas Aldeias”. O primeiro filme foi Corumbiara, o segundo, Martírio, e o final será Adeus, Capitão. Essa trilogia, diferentemente dos filmes do Vídeo nas Aldeias, é baseada no longo trabalho investigativo de Carelli, filmes produzidos ao longo de três décadas, onde a visão dele da luta indígena é apresentada junto de profundas mudanças no país.

Martírio foi exibido pela primeira vez no Festival de Cinema de Brasília em setembro do ano passado e na oportunidade o diretor afirmou que fazer o filme trata-se de “um compromisso moral, ético, político e, sobretudo, afetivo com os povos Guarani Kaiowa”.

(Texto: Julio Carignano)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.