Com incentivos, novo empreendimento gera 200 empregos em Cascave

Antigo prédio foi demolido para construção de novo complexo de saúde que gerará 300 empregos diretos após conclusão

 

Cascavel Avança – Não para. E a política de incentivo para a retomada do crescimento econômico continua dando frutos em Cascavel. Prova disso é o investimento do setor privado de mais de R$ 136 milhões na construção de um complexo médico, que já está gerando cerca de 200 empregos diretos por conta da obra. Após a conclusão, prevista para julho de 2023, outros 300 empregos definitivos serão criados. O governo municipal entra nessa história com os incentivos amparados na Lei Municipal 7025.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Alcione Gomes, o empreendimento desta magnitude é a demonstração que Cascavel mesmo em tempos delicados, como de pandemia, continua a crescer. “Quando estamos falando de recessão e de uma retomada econômica, que é o caso de Cascavel, planejada desde abril, começamos a provocar, digamos assim, o setor produtivo em todas as áreas para que houvesse investimento, aprovando leis de investimentos, como é a lei 7025 de fomento, que dá uma série de incentivos e benefícios para quem está abrindo uma empresa nova, uma indústria, um comércio ou mesmo uma prestação de serviços”, observa.

O empreendimento fica bem no Centro de Cascavel, onde antes havia o Moinhos Badotti, foi demolido para dar vez ao complexo de saúde que já nasce como referência. “Faz parte do programa Cascavel Avança, viabilizando e facilitando aos empresários novas obras e novos investimentos. A Prefeitura dando resposta imediata no trâmite de processos e projetos, isentando impostos, porque a nossa cidade é referência. E esse espaço conta a história de um ciclo, tirando um prédio antigo, histórico na cidade que foi muito importante num determinado momento e dando lugar a um novo empreendimento. Espaço como esse teremos apenas dez no Brasil e já consolida nossa importante marca que é uma referência clínica em  Cascavel, só que até aqui o destaque sempre foi nos nossos profissionais, e partir do momento também o investimento físico, consolidando o trabalho”, pontua o prefeito.

O empreendimento de 34 mil metros quadrados contará com 9 pavimentos, mais o térreo, estacionamento para mais de 400 veículos, 159 unidades entre salas, consultórios, clínicas, centro de imagens, laboratórios e centro cirúrgico.

Para o empresário Sérgio Wust, proprietário da construtora Wust e Casarotto, responsável pela obra, Cascavel tem uma administração arrojada e vem dando sinais de crescimento. “Cascavel merece essa tecnologia e investimentos porque é uma cidade que vem se desenvolvendo que não para de crescer, não para de atrair novos negócios, é um polo de medicina também, então ela merece esse edifício totalmente voltado para a saúde”, comenta.

(Secom)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.