Catuaí: Paranhos acompanha detalhamento do novo projeto, na Acic

BRMalls pretende inaugurar o shopping em outubro de 2020 (Secom)

“Eu havia firmado um compromisso com os empresários da cidade de que anunciaria, aqui na Acic, três ações que impactariam no desenvolvimento de Cascavel. A primeira delas, seria a entrada em operação da empresa aérea Gol: e isso ocorrerá a partir do dia 5 de agosto; depois, a troca de aeronaves da Azul; e, por fim, a retomada das obras do Shopping Catuaí, o que vai gerar mais de 2 mil empregos diretos”, declarou o prefeito Leonaldo Paranhos esta noite (9), durante a reunião semanal da Acic, durante a qual o Grupo BRMalls detalhou os mudanças realizadas no projeto do Catuaí, cuja inauguração está projetada para outubro de 2020. Uma obra ansiosamente aguardada pela comunidade de Cascavel e região.

“O reinício das obras do Shopping Catuaí representa a retomada da 15ª obra que estava parada em nossa cidade e que, em breve, será concluída. No início do mês passado anunciamos a retomada das obras do nosso aeroporto, uma obra pública sim, diferentemente do Shopping, que é privado, mas que devido à importância pelo impacto econômico e financeiro que traz para a nossa região, estamos nos empenhando no sentido de fazer o convencimento para que seja mantido em nossa cidade e retomado”, acrescentou o prefeito durante o encontro com os empresários da Associação Comercial e Industrial de Cascavel.

O novo projeto é amplo e arrojado e foi adaptado para atender todas as necessidades de lojistas e de clientes. O detalhamento ficou a cargo do diretor comercial da BRMalls, José Roberto Levy Cardoso. Ele destacou as mudanças realizadas, com ênfase na parte gastronômica, que foi inserida, fazendo total diferença no empreendimento; uma nova área de serviço adicional torna o ambiente mais moderno, assim como o paisagismo e o mobiliário foram repaginados. “É um shopping que nasce totalmente adaptado ao consumidor moderno. Teremos, ainda, Wifi 2.0 e tomadas em todo o empreendimento para que o cliente tenha atrito zero dentro do shopping”, enfatizou.

Levy Cardoso explicou, ainda, que para que as obras sejam efetivamente retomadas, é necessário comercializar 80% das lojas. Atualmente, 65% estão vendidos, faltando 40 lojas e, para isso, conta com apoio da classe empresarial para alcançar a meta. “A partir daí o canteiro de obras pode seguir com segurança para garantir uma grande inauguração; nosso objetivo é entregar o shopping em outubro de 2020, por isso estamos a todo vapor nas vendas e demais ações de viabilização este ano”, detalhou.

(Secom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.