Cascavel paga dívida histórica com produtores ao entregar estradas pavimentadas

Município triplicou os investimentos no interior e entregou hoje trechos asfaltados no distrito de São João d’Oeste

Município que tem a na sua essência a atividade agrícola como base da economia, Cascavel começa a pagar uma dívida histórica com os produtores rurais ao investir na pavimentação da malha viária do interior. Na tarde desta sexta-feira (14), foram entregues oficialmente as melhorias e adequações em várias comunidades do distrito de São João d’Oeste num total de 137 quilômetros e investimentos de aproximadamente R$ 10 milhões.
Cascavel triplicou os investimentos em estradas rurais levando asfalto, calçamento e cascalhamento às estradas. No total, nas comunidades pertencentes aos sete distritos, são 399 quilômetros recuperados, com mais de 100 quilômetros asfaltados e investimentos de R$ 29 milhões.

O prefeito Leonaldo Paranhos disse que daqui para a frente a cidade não é possível aceitar estradas sem qualidade para os produtores. ” Nós batemos no peito, falamos que somos a capital da produção, comemoramos no show rural, mas lamentavelmente não fazíamos estradas. Desde 2017 estamos mudando esse aspecto. Chegamos a 399 km de estradas recuperadas, mais de 100 km de asfalto, é um novo momento, mas ainda tem muito o que fazer. Nós precisamos, de fato, assumir que somos uma cidade agrícola, que nós somos da produção e que dependemos da produção”, destacou o prefeito.

Os agricultores comemoram a nova fase de investimentos no interior do Município. Valdir José Barichello, conta que é a primeira vez que uma estrada rural sendo transformada em asfalto e confessa que duvidava que a obra um fosse sair do papel. “Moro aqui há 44 anos, para nós isso aqui foi uma surpresa, nós não acreditávamos até que não começaram a fazer o asfalto, mesmo na terraplanagem nós não acreditávamos ainda”, relata.

Domingos Marmentini disse que a construção do asfalto foi “a melhor coisa que poderia ter acontecido”. Ele lembra que a agricultura é que tem mantido o país em pé em tempos de crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus e diz que Cascavel está no caminho certo ao priorizar a agricultura. “Eu tenho uma granja meio grande aqui e cada vez que chovia eu pedia socorro para os vizinhos, agora está uma beleza com o asfalto, comemora.

O secretário de Agricultura, Renato Segalla, observa que o Município saiu de um orçamento de R$ 22 milhões para R$70 milhões para investir em estradas rurais, frota e equipamentos para levar benfeitorias aos produtores rurais. “Estamos chegando próximo a 400 quilômetros e entre as ações estão asfalto, cascalhmanento, calçamento e adequações. Mas, nós temos um caminho muito grande ainda. O importante é que tenhamos determinação”, destacou.

O prefeito Paranhos pretende enviar à Câmara de Vereadores um projeto de lei para que Cascavel tenha a pavimentação de estradas rurais como política pública e destine um percentual do orçamento para esses investimentos.

(SECOM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.