Cascavel investiu 21,24% em Saúde no 1º quadrimestre

Números foram apresentados pelo secretário Rubens Griep (Divulgação/Secom)

Os primeiros quatro meses do ano foram positivos na Secretaria de Saúde de Cascavel, com uma execução orçamentária de 21,24%, bem acima do mínimo de 15% estipulado pela Constituição Federal. Foi o que revelou a prestação de contas do secretário municipal de Saúde, Rubens Griep, feita nesta tarde (19) na Câmara de Vereadores, durante a audiência pública na qual foi detalhado o balanço financeiro do primeiro quadrimestre deste ano, em cumprimento à Lei Complementar 141/2012.

O secretário e a diretora financeira da Sesau, Sheila Vargas, apresentaram as ações desenvolvidas pela secretaria e os investimentos no período. De janeiro a abril deste ano do valor total arrecadado na Saúde, 24,98% foram repasses do Município, totalizando R$ 51.220.468,74, que somados às demais receitas, do Estado e União, além do SUS, chegaram a R$ 68.088.518,29. De acordo com o secretário, apesar do Município ter um orçamento significativo para a Saúde, estimado hoje em R$ 252.479.855,28, “ele ainda pode não se materializar, o que exige prudência”. Até agora, garantiu o secretário, “o orçamento foi executado dentro do previsto e com equilíbrio financeiro”.
Melhorias previstas
Na prestação de contas também foram apresentados os investimentos em construções de novas unidades de saúde e em ações desenvolvidas nas unidades de pronto atendimento, unidades de saúde, laboratórios, programas e projetos da saúde.
Três importantes USFs estão em vias de entrarem em funcionamento. As USFs Pioneiros Catarinenses, Presidente e Riveira serão inauguradas no mês de agosto e dependem das contratações de servidores que serão aprovados no novo concurso cujas inscrições encerram hoje (19), com provável chamamento a partir de setembro.
“Restabelecer nosso quadro de recursos humanos é uma das metas para este ano ainda, além da expansão das UPAs e da implantação da gestão associada para viabilização da pediatria nas três UPAs”, reafirmou o secretário durante os questionamentos apresentados por membros do Conselho da Saúde e da imprensa.
Milhares de atendimentos
Em quatro meses a saúde realizou milhares de atendimentos nas mais diversas áreas. Somente no Território Cidadão, foram 1.229 atendimentos e outros 2.695 viabilizados por meio do Comboio da Saúde.
Para se ter ideia do volume de atendimentos, o setor de atenção à saúde registrou 64.716 consultas médicas, 14.766 exames de raio-x, 58.745 procedimentos, 1.859 encaminhamentos a hospitais, 10.449 atendimentos pelo Samu, 13.175 visitas do Paid, 203.360  exames laboratoriais (próprio), 79.302 exames laboratoriais (privado) , 10.817 atendimentos no Ceacri, 50.093 prescrições atendidas nas farmácias básicas, 34.486 procedimentos em odontologia entre outros atendimentos e procedimentos.
(Da Secom)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.