Capitão da PM é o 70º policial morto este ano no Rio

Por Agência Brasil

Chega a 70 o número de policias mortos de forma violenta no estado do Rio de Janeiro em 2018. Desse total, 64 eram policiais militares, cinco policiais civis e um era policial federal.

A vítima mais recente foi o capitão da Polícia Militar (PM) Diogo Lins Canito, morto na tarde de ontem (29), durante uma tentativa de assalto, em Marechal Hermes, na zona norte da cidade.

De acordo com a PM, a vítima foi abordada por assaltantes quando chegava para almoçar na casa de um amigo, na Rua Vidal Ramos. O policial não reagiu, mas quando os criminosos perceberam que se tratava de um PM, fizeram pelo menos três disparos.

O oficial ainda foi levado para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Os bandidos fugiram levando a arma do PM e objetos pessoais da mulher dele, que também estava presente na hora do assalto, mas não foi ferida.

O capitão Canito tinha 34 anos, estava na PM há 15 e era lotado no batalhão de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ele deixa mulher e quatro filhos.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.