Campanha vai estimular o combate à formiga cortadeira

Formiga cortadeira tem tirado o sono dos agricultores (Reprodução)

Considerada umas das piores pragas urbanas e rurais dos últimos tempos, a formiga cortadeira motivou hoje (3) uma reunião no Sindicato Rural Patronal de Cascavel para discutir caminhos que levem ao combate deste inseto. Os secretários de Agricultura, Agassiz Linhares Neto, e de Meio Ambiente, Juarez Berté, participaram do encontro junto com integrantes do Sindicato Rural, da Emater, da Seab e da Adapar e definiram a necessidade de uma campanha de orientação à população para o controle do inseto de forma eficiente.

“Durante esta semana definiremos o slogan da campanha, elaboraremos o material publicitário e os detalhes da divulgação. É  importante que a população seja incentivada e orientada a utilizar iscas formicidas para fazer o controle das formigas, antes que os prejuízos comecem a ser maiores e se perca o controle da situação”, disse Agassiz Linhares. Segundo o secretário, embora o receituário agrícola seja maior para o produtor rural, qualquer cidadão pode comprar em supermercados ou casas agropecuárias os inseticidas e fazer periodicamente o combate.
De acordo com Paulo Vallini, diretor do Sindicato Rural Patronal, nos últimos anos a proliferação das cortadeiras tem assustado. Além das pastagens, atacam frutíferas, cafezais, roseiras e todo tipo de árvores e folhagens. “Numa noite, dependendo do tamanho do formigueiro, elas cortam uma árvore inteira, além de comprometerem as galerias e as fundações das casas, isso sem contar que já se começa a pensar em danos econômicos em culturas significativas, por isso precisamos traçar um plano de combate efetivo e permanente”.
Uma nova reunião ficou agendada para a próxima segunda-feira (10), às 14 horas, novamente no Sindicato Rural Patronal, para detalhar a campanha.
(Secom)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.