Brasil fecha primeiro dia na Universiade de Verão com bronze e prata

Medalhas vieram do judô e do revezamento 4×100 na natação

O Brasil abriu nesta quinta-feira (4) sua participação na 30ª Universíade de Verão em Nápoles, na Itália, com duas medalhas, uma de bronze e uma de prata. O bronze ficou com o judoca Gustavo Assis, na categoria até 90 quilos. A prata veio na natação, com o quarteto Luiz Gustavo Borges, Gabriel Ogawa, Marco Antônio Junior e Felipe de Souza, no revezamento 4x100m livre.

Hoje (5) os atletas brasileiros disputam mais provas nas modalidades natação, judô, vôlei masculino e feminino, futebol feminino e masculino.

Segundo a Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), o Brasil participa da Universíade de Verão com uma delegação de aproximadamente 190 pessoas e disputa sete modalidades: futebol, vôlei, natação, atletismo, ginástica artística, judô e taekwondo.

Realizada a cada dois anos, a Universíade de Verão é o segundo maior evento poliesportivo do mundo, ficando atrás apenas dos Jogos Olímpicos.

A 30ª edição desta competição tem Nápoles como cidade-sede, mas há provas também em Caserta e Salerno. São 18 as modalidades desportivas em disputa: atletismo, basquete, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, natação, polo aquático, rugby 7, saltos ornamentais, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, tiro esportivo, vela e vôlei. São esperados cerca de 8 mil atletas universitários de mais de 127 países.

(Agência Brasil)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.