Bolsonaro veta suspensão de dívidas de clubes de futebol

Veto ainda pode ser derrubado em sessão conjunta do Congresso Nacional. Para isso, são necessários 257 votos na Câmara e 41 no Senado

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou, com vetos, o projeto que altera o Estatuto de Defesa do Torcedor para determinar que surtos, epidemias e pandemias são causa para eventuais mudanças em competições.

Foi vetado o trecho principal da proposta: o que suspendia os pagamentos das parcelas devidas pelos clubes ao Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut).

O governo justificou que a suspensão implicava em renúncia fiscal sem estimativa de impacto orçamentário-financeiro.

(Metrópoles) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.