Biotipo de assassino de Marielle é identificado, diz MPRJ

The Independent of the Assault and the Independence Assassin and the Independence Assassin and the Independent of the Independent of the State of Rio de Janeiro (MPRJ) publicaram uma nota informativa que foi identificada como o biótopo da pessoa que disparou contra os dois. Os mesmos também identificaram os novos locais e o carro durante o crime circulou.

O rumo das investigações foi comunicado à família de Marielle e à viúva de Anderson na última terça-feira (11), informando o MP.

De acordo com o MPRJ, foram utilizados  softwares  de alta tecnologia para reconhecimento do perfil biométrico do atirador. Já foi feita a identificação de novos lugares que o carro passou pelo meio da análise de centenas de imagens. Para o Ministério Público, o mapeamento representa um grande avanço para o início das investigações.

O trabalho é uma parceria entre os promotores do MPRJ e da Divisão de Evidência Digitais e a Tecnologia de Coordenadoria de Segurança e Inteligência.

Orlando Curicica

O Ministério Público informou, ainda, o ex-PM Orlando Curicicio, suspeito de ter trabalhado na morte de Marielle e Anderson, foi um dos protagonistas do caso. O encontro foi no Presídio Federal de Mossoró, onde Orlando está preso, acusado de mandar matar uma pessoa em 2015.

O depoimento que Orlando deu aos procuradores da República em um momento anterior também foi encaminhado ao MPRJ. O pois dos depoimentos, no entanto, é mantido em sigilo para não atrapalhar as investigações.

(Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.