Banco Itaú se manifesta em caso de idosa que sofreu maus tratos em agência bancária de Londrina

O presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher, respondeu ao ofício enviado pela Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai), da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), pedindo providências no caso da idosa de 84 anos que sofreu maus tratos em uma agência bancária de Londrina, há pouco mais de uma semana.No ofício enviado, em nome do Itaú Unibanco, ele se desculpa pela situação relatada. Disse que tem trabalhado intensamente em uma agenda que tem o desafio de mobilizar os quase 100 mil colaboradores a oferecer o melhor atendimento a quem procura os produtos e serviços. Falou ainda que, logo que tomou conhecimento desse caso, acionou as áreas internas para buscarem alternativas ao processo de realização da Prova de Vida, exigência do INSS, com o menor impacto possível para quem tem dificuldade de locomoção.

“O presidente do banco nos repassou o contato de quem está acompanhando o caso para podermos ver quais providências efetivas devem tomar nos próximos dias especificamente sobre o caso”, disse o deputado Cobra Repórter, presidente da Criai.

Relembrando o caso – Dona Lázara Maria de Souza, de 84 anos, tem Mal de Alzheimer e foi levada pela filha até uma agência bancária do Calçadão de Londrina para fazer prova de vida. Como estava chovendo, a filha pediu ao gerente que fosse até o estacionamento tirar a prova de vida, mas o gerente se recusou. Na tentativa de levar a idosa até a agência, a cadeira de rodas tombou na rampa de acesso ao banco e a idosa acabou se machucando: fraturou o braço e teve traumatismo craniano leve.

(Fonte: Alep)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.