“As obras de uma cidade precisam convergir para as pessoas”

Casa POP passa a atender em novo e amplo espaço no Bairro Santa Felicidade, oferecendo maior dignidade às pessoas em situação de rua

Inauguração aconteceu na tarde desta quinta-feira (Secom)

“Administrar uma cidade é administrar sonhos, expectativas, realidades. E as obras precisam convergir para as pessoas. Não fico tranquilo, por exemplo, quando vejo alguém dormindo na rua, seja ele um usuário de droga, ou um artista de rua, ou uma pessoa de passagem pela cidade. Quero que Cascavel seja agradável. Que tenhamos um espaço digno para essas pessoas e que elas possam sair dessa situação e conquistar sua dignidade. Vamos trabalhar todos juntos para termos uma cidade melhor”. Com essas palavras o prefeito Leonaldo Paranhos falou da motivação de transferir para o Bairro Santa Felicidade a Casa POP de Cascavel, que nesta tarde (23) foi apresentada à sociedade em cerimônia realizada junto com os acolhidos da unidade, que a partir de agora funciona na Rua Clodoaldo Ursulano, 1.597, no Bairro Santa Felicidade, em imóvel locado, dobrando a capacidade de atendimento que até então era de apenas 25 pessoas.

O prédio do antigo noviciado continua tendo a missão franciscana de receber os mais humildes com acolhimento provisório. O projeto busca a reinserção de pessoas em situação de rua ao mercado de trabalho e, nesta nova versão, também oferece apoio aos artistas de rua. Mesmo com a opção de utilizar os quartos, os artistas que passam pela cidade e preferem continuar utilizando as barracas próprias, podem usar a área de camping da casa, uma vez que o terreno é amplo.

“Hoje os artistas de rua que chegam à cidade podem se cadastrar na Secretaria de Cultura e fazer seu trabalho, com acesso à Casa POP e outros projetos do Município tranquilamente. Isso melhora a segurança deles, que não precisam dormir em áreas públicas com as barracas e oferece mais conforto também no período noturno”, informou o diretor de Difusão Cultural, Luciano Biaggi.

Vários artistas uruguaios e argentinos participaram da cerimônia e aprovaram a ideia. Junto com os acolhidos aplaudiram quando a coordenadora da Casa POP, Ana Laura Egewarth lembrou que há mais de quatro meses diversos moradores estão inseridos no projeto ConstRua Cidadão lançado este ano pela administração municipal visando oportunizar aos acolhidos a realização de atividades laborais e cursos profissionalizantes. “Agora essas pessoas merecem oportunidades. Estamos torcendo para a sociedade olhar para essas pessoas e acreditar no potencial que elas têm, oferecendo uma nova chance”.

Uma espera de 15 anos

De acordo com o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior, havia mais de 15 anos que a Casa POP funcionava no Bairro Cancelli em situação precária “e quando o prefeito Paranhos assumiu ficou sensibilizado com a realidade, já iniciando as tratativas para mudarmos de local, buscando um espaço adequado tanto para os acolhidos como para a equipe que aqui trabalha. Hoje temos um local digno e justo às pessoas que merecem uma oportunidade de recomeço”.

A sensibilidade do prefeito foi enaltecida também pelos vereadores Misael Júnior e Alécio Espínola, que prestigiaram o ato e lembraram que este carisma está na essência do governante. “É isso que importa, pois só assim teremos uma cidade com profundo desenvolvimento, pois estaremos olhando para as pessoas”, enfatizou Espínola.

Sobre o local

A nova Casa POP tem uma estrutura de 600 m² de área construída, além de uma vasta área destinada a ajardinamento e horta. Dos atuais 25 acolhidos de ambos os sexos, todos acima de 18 anos, poderá chegar a até 50.

O local tem condições, ainda, de promover o acesso a programações culturais, de lazer, de esportes e ocupacionais, além de contribuir para a prevenção do agravamento de situações de negligência, violência e ruptura de vínculos, oferecendo aos acolhidos condições para que desenvolvam independência e autocuidado, promovendo acesso à rede de qualificação e requalificação profissional, com vistas à inclusão produtiva.

 

As informações são da Secom

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.