Alécio recebe projetos dos conselhos da Mulher e do Idoso e promete rapidez

Representantes dos conselhos municipais dos Direitos da Mulher (CMDM) e dos Direitos do Idoso (CMDI), acompanhados do secretário municipal de Assistência Social, Hudson Moreschi, protocolaram nesta quarta-feira (15), no gabinete da Presidência, dois projetos de lei do Executivo. Alécio Espínola (PSC) prometeu rapidez na tramitação das proposições, que tratam da organização dos dois conselhos.

À partir da direita, os presidentes dos conselhos Vanderlei e Salete e o secretário Hudson Moreschi assistem ao protocolo dos projetos; à esquerda, Jurandir Parzianello e o presidente Alécio EspínolaMarcelino Duarte/Assessoria de Imprensa/CMC
À partir da direita, os presidentes dos conselhos Vanderlei e Salete e o secretário Hudson Moreschi assistem ao protocolo dos projetos; à esquerda, Jurandir Parzianello e o presidente Alécio Espínola                                          Marcelino Duarte/CMC

Segundo Vanderlei Augusto da Silva, ex-vereador e presidente do CMDI, o pedido de agilidade no processo de análise e votação se deve ao fato de que os dois conselhos passarão por eleições até o final de julho e precisam estar regulamentados. No caso do conselho que ele preside, o projeto de lei atualiza a Política Municipal do Idoso e o Fundo Municipal dos Direitos do Idoso. “Com essa lei, Cascavel vai ter uma legislação moderna e servirá de modelo para todo o país”, disse Vanderlei.

Participou também da reunião o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Cascavel, Jurandir Parzianello, acompanhado de advogadas que fazem parte das comissões da Mulher e do Idoso da entidade. Além de dar apoio ao projeto de lei, Parzianello reforçou o pedido para que a votação aconteça o quanto antes, ressaltando a qualidade técnica da proposição.

Em sua fala, o presidente Alécio anunciou suas ações para dar andamento às proposições. Ele determinou o imediato encaminhamento às comissões para elaboração de parecer e disse que irá reunir todos os vereadores para uma conversa com os presidentes dos conselhos, com o objetivo de conseguir a aprovação rápida e sem emendas. “Meu objetivo, minha obrigação como homem público é alcançar todas as pessoas que estão esquecidas na sociedade”, completou.

Assessoria de Imprensa/CMC

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.