Agropecuária: Toledo lidera pela quinta vez o ranking do Valor Bruto da Produção

Pela quinta vez nos últimos anos Toledo ocupa o 1º lugar no Valor Bruto da Produção (VBP) do estado. A safra recorde e a produção de animais do município somaram R$ 2.184.768.437,26 no VBP. Os dados preliminares foram divulgados pelo Departamento de Economia Rural (DERAL) da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (SEAB) e apontam que mais uma vez a capital do agronegócio ocupa a liderança do ranking, demonstrando um crescimento de 10,69% em relação ao ano anterior.

De acordo com o secretário de Agricultura Pecuária e Abastecimento, Cristopher de Azevedo, o crescimento no Valor Bruto da Produção representa aumento na receita do município e reflete a dedicação e a competência do produtor rural em produzir com eficiência. “Nossos produtores vem se destacando adquirindo novas tecnologias e investindo na produção. Tivemos uma safra recorde, por conta do clima favorável. E tudo isso somado garantiu novamente o sucesso no VBP”, destacou.

O resultado é consequência do cooperativismo, associativismo e empreendedorismo dos agricultores toledanos e do apoio do poder público com programas como o de Melhoramento Genético do Rebanho Leiteiro, Conservação de Solos (Parceria com a Itaipu) e outros voltados à piscicultura, olericultura e fruticultura, desenvolvidos pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, complementou.

Toledo novamente é destaque na produção agropecuária (Divulgação)

O município investe em infraestrutura rural disponibilizando maquinários para a preparação de terrenos para implantação de chiqueiros, aviários, barracões para implementos, valas para silagem, esterqueiras e principalmente com o Programa Rodovias Rurais, que neste ano completará a marca dos 300 km de estradas rurais asfaltas. As rodovias asfaltadas implicam no melhor escoamento da produção, bem como o recebimento de equipamentos e produtos para as atividades agropecuárias. O município ainda fornece pedra brita e faz a manutenção nas estradas que ainda não estão asfaltadas.

Para o produtor rural Décio Carraro, mais do que os números, o VBP representa a qualidade e o comprometimento dos toledanos em ser referência no agronegócio brasileiro. “Pra mim é um privilegio viver e produzir em um município que apoia e incentiva as atividades agrícolas. Conseguir se desenvolver e crescer nesse momento de crise econômica significa que o trabalho do homem do campo é valioso”, pontuou o produtor de aves e grãos da Linha Santo Antônio, no interior de Toledo.

Ademar Finkler é agricultor. Ele ficou orgulhoso do resultado do VBP. “Nós fazemos parte disso tudo. É toda a dedicação e o esforço do produtor rural refletida em números, e esses números retonam em infraestrutura aos produtores”, disse, ele reconhecendo alguns benefícios como as estradas rurais. A estrada que leva até a propriedade do seu Ademar na Linha Dr. Ernesto é toda asfaltada, o que garante conforto e tranquilidade na hora de escoar a produção.

 

O VBP em números (real)

Grãos

Milho: R$ 219.287.417,01

Soja: R$ 271.160.615,04

Trigo: R$ 8.841.741,30

Animais

Suínos: R$ 836.027.893,26

Aves: R$ 409.371.165,73

Tilápia: R$ 29.700.000,00

Leite: R$127.202.500,00

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.