Agricultura Urbana: Município assina contratos com três entidades selecionadas em chamamento público

Entidades contribuirão na expansão do programa, que hoje já conta com 34 hortas na cidade

O prefeito em exercício, Alécio Espínola, assina na tarde de hoje (1), na tenda bolha instalada no Território I, contratos do convênio com três entidades que selecionadas no processo de Chamamento Público 001/2018 do Departamento Território Cidadão e que contribuirão no desenvolvimento das atividades do Programa Agricultura Urbana em Cascavel. O ato será realizado na Rua França – Calçadão do Bairro Cascavel Velho, às 14h30, em frente à horta lançada como projeto-piloto do programa em fevereiro de 2017.

O processo teve início ainda no mês de outubro de 2018. Foram selecionadas as OSCs Instituto Colmeia de Cidadania, ONG Iadas e Cooperativa CopCraf, todas entidades avaliadas por uma comissão de seleção, após apresentarem um plano de trabalho para contribuir com o processo de instalação das hortas de Agricultura Urbana nos Territórios do Município.

Segundo o gestor do Território Cidadão, José Carlos da Costa, o Cocão, o Programa Agricultura Urbana vem apresentando resultados positivos na produção de alimentos como verduras, legumes e ervas medicinais e aromáticas. Atualmente Cascavel conta com 34 hortas instaladas e produzindo, com frutos também positivos no envolvimento da comunidade no processo de zelo dos terrenos baldios ou ociosos espalhados nos Territórios.

“E é isso que o prefeito Paranhos quer com o programa Território Cidadão: despertar nas pessoas o sentimento de pertencimento, fazer com que as pessoas se sintam envolvidas e parte importante dos bairros onde moram. Assim, amando o lugar onde vivem, elas cuidarão mais dos espaços públicos, dos bens públicos e dos próprios bens e terão uma melhor qualidade de vida e sentirão orgulho de suas comunidades”, ressaltou Cocão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.