Agentes de Endemias inovam na guerra ao mosquito da dengue

Servidores se mobilizam em parceria com a população na prevenção contra o Aedes
A guerra contra o mosquito da dengue é constante. A luta precisa ser diária, sem dar moleza para o Aedes aegypti, pois em qualquer simples deslize, como deixar uma ínfima quantidade de água parada, indiferente se é limpa ou suja, já é o suficiente para o mosquito fazer um criadouro, se proliferar e ganhar a batalha.

E é nesse clima, de dizimar os mosquitos, que o Setor de Controle de Endemias da Secretaria de Saúde de Cascavel vem atuando intensamente. Um dos destaques é a equipe de Agentes de Combate às Endemias do bairro Santa Cruz, que juntamente com a Associação de Moradores está instalando placas orientativas em terrenos baldios com o objetivo de evitar que esses locais sejam “depósitos de lixo”. As placas são todas confeccionadas com material reciclável e usado resto de tinta para colori-las e deixar a mensagem.

Esse combate ao vetor também instigou ações dos agentes de Endemias, que atuam nos bairros Faculdade e Cascavel Velho. Lá, os servidores desenvolveram uma técnica para plantar orquídeas em “ocos” de árvores com o objetivo de proteger esses espaços de possíveis focos do mosquito. Além de eliminar um criadouro natural do vetor, também deixará o ambiente mais bonito na florada das orquídeas.

“As mudas de orquídeas são plantadas pelos próprios agentes para que possam florir esses espaços e, assim, eliminar cada vez mais os criadouros”, destacou Ana Paula Barboza, gerente da Vigilância em Saúde Ambiental. Além disso, alguns moradores auxiliaram os agentes no trabalho de plantio das mudas de orquídeas nas árvores.

Morador Nota 10

Já a equipe de Educação em Saúde do Setor de Controle de Endemias está desenvolvendo a Campanha “Morador Nota 10”. O objetivo é registrar os bons exemplos de moradores comprometidos no combate ao mosquito da dengue.

“Mesmo em meio a uma pandemia não podemos deixar de lado o cuidado com nossa casa, quintal e arredores, assim entre as tarefas cotidianas. Devemos combater o Aedes aegypti, diariamente”, explica Nalva Santos, coordenadora da equipe de Educação em Saúde.

Por isso, a Equipe de Educação em Saúde está visitando e conhecendo os Moradores Nota 10. Trata-se de pessoas comuns que se destacam pelo cuidado e carinho com o meio ambiente, no controle e prevenção a dengue.

“São ações diferenciadas que temos dentro de nossas equipes, que estimulam não só os nossos agentes, mas também incentivar à população a cuidar do espaço interno e externo de sua residência”, explicou Ana Paula.

(Secom Cascavel)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.