Abaixo assinado pede interrupção de ação contra lei que veda ideologia de gênero em Cascavel

Romulo Quintino foi autor da emenda que vedou a ideologia de gênero nas escolas (Foto; Assessoria/Câmara)

O vereador Romulo Quintino (PSL) criou neste domingo (18) um abaixo assinado eletrônico que pede a manutenção da emenda ao Plano Municipal de Educação que veda o ensino da ideologia de gênero nas escolas de Cascavel.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está movendo uma ação cautelar no STF (Supremo Tribunal Federal) contra a emenda, apresentada por Quintino e incluída no Plano. Para o procurador, a lei é discriminatória e viola o estado laico.

Segundo Quintino, o abaixo assinado será encaminhado para o STF pedindo a interrupção da ação movida por Janot. “Existe um segmento que faz parte da sociedade cascavelense, que também precisa ter seus costumes respeitados, e não deseja que seus filhos sejam alcançados por ensino diferente daquele recebido no ambiente familiar”, diz Quintino ao justificar o abaixo assinado que pode ser acessado aqui.

Pouco tempo depois de ser lançado, o abaixo assinado já tinha mais de 100 assinaturas.

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

One thought on “Abaixo assinado pede interrupção de ação contra lei que veda ideologia de gênero em Cascavel

  • Avatar
    junho 19, 2017 em 1:57 am
    Permalink

    Sou contra a ideologia de gênero.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.