30º Festival de Música de Cascavel: “o maior da história”

”Mais de 860 alunos nas oficinas, 800 quilos de alimentos para o Provopar, Teatro Municipal sempre lotado e extensões em todos os cantos da cidade.”
Uma noite para ficar na marcada na memória, ou melhor, uma semana inteira! O encerramento do 30º FMC (Festival de Música de Cascavel) levou ao palco do Teatro Municipal Sefrin Filho, a Camerata Antiqua de Curitiba e um público que lotou o espaço cultural, que por oito dias foi cenário de grandes apresentações. A 30ª edição do Festival, deste ano, contou com 66 oficinas, incluindo aulas inclusivas para pessoas com deficiência visual. As aulas foram realizadas no Teatro Municipal Sefrin Filho e na Unopar – Unidade do Lago.

(SECOM)

De acordo com a Secesp (Secretaria Municipal de Cultura e Esportes), além das oito noites de concertos do Teatro Municipal, extensões com apresentações passaram pelos terminais de transbordo do transporte coletivo, Rodoviária, Calçadão, Paço Municipal e Câmara de Vereadores, um grande publico teve acesso às apresentações. Além de oferecer cultura para a população, o Festival de Música de Cascavel também ajudará o Provopar repassando mais de 800 quilos de alimentos arrecadados junto ao público que prestigiou as apresentações no Teatro.

De acordo com o secretário municipal de Cultura e Esportes, Ricardo Bulgarelli, este foi o maior Festival de Música em Cascavel em número de participantes e qualidade dos espetáculos oferecidos ao público, entre elas a Orquestra Sinfônica do Paraná, na abertura do festival. “Toda equipe da organização está bastante satisfeita com os resultados porque Cascavel recebeu o festival que merece”, disse o secretário. Bulgareli destacou ainda que a Secesp vem trabalhando para tornar a cultura mais acessível à população. “Nesta edição, consolidamos esta imagem. Os eventos da Secesp são sempre gratuitos e isso promove a acessibilidade: é a democratização da arte e da cultura. Continuaremos seguindo este rumo traçado pelo prefeito Leonaldo Paranhos e, com toda certeza, aumentaremos ainda mais a oferta para todos os públicos. A cultura chegará a todos os lugares de Cascavel”.

Aprendizado

A coordenadora do Festival de Música, Giordana Galvan Lube, participa do evento há 28 anos e descreveu com emoção a participação de cerca de 860 alunos nas oficinas que foram realizadas nesta 30ª edição. “Já estamos pensando na edição de 2020 para resolver questões que possam melhorar ainda mais o Festival e oferecer à população espetáculos com mais qualidade”, disse a maestrina, ressaltando a importância do apoio do Governo Municipal na realização do FMC. “A gente que vem passando por várias gestões, vê que existe um interesse maior pelos festivais, pelas ações culturais e acredito que quando gestor gosta de cultura o resultado só pode ser este: um grande espetáculo, com casa cheia e um número recorde de alunos. Cascavel está indo na contramão do País, investindo na cultura. Temos no programa Cultura em Ação mais de dois mil alunos e é um programa contínuo e percebemos um interesse sincero do prefeito Paranhos pela Cultura”, completou.

O FMC é uma realização do Governo Municipal por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Esportes de Cascavel, a Secesp, com o apoio da Unopar (Unidade do Lago), Sanepar, Conselho Municipal de Políticas Culturais de Cascavel, Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), Correnteza Cultural (Itaipu), Rede Regional de Cultura e Patrimônio da BP3 (Itaipu), Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, Itaipu Binacional e Governo do Estado.

Oficinas realizadas.

01 – Manutenção de pianos e cravo – Donizete Bonifácio

02 – Manutenção de instrumentos de sopro – Arthur Ponte

03 – Manutenção de instrumentos de cordas – Andreas Hellmann

04 – Técnica de Alexander – Sibele Varesqui Pereira

05 – Teoria Musical básica A – Thais Piaia

06 – Rítmica A – Denis Mariano

07 – Gestão pessoal e de projetos artísticos A – Sérgio Altanivi

08 – Harmonia e Arranjo – Marco Aurélio Koentopp

09 – História da Música – Bruno Brandalise

10 – Regência de Banda e Orquestra – Natália Laranjeira

11 – Prática de Teatro Musical – alunos selecionados – Matheus Cruz – Direção cênica: Maia Piva

12 – Musicalização infantil para professores – Lélis Keith Andrade

13 – Musicalização para pessoas com deficiência visual – Luiz Amorim

14 – Música eletrônica – Andy Vieira

15 – Improvisação – Turma A (a partir do dia 16/07) – Paula Valente

16 – Improvisação – Turma B (a partir do dia 16/07) – Paula Valente

17 – Técnica vocal popular (acima de 16 anos) – Michelle Coelho

18 – Flauta doce – Ângela Sasse

19 – Clarinete – Marcelo Oliveira

20 – Viola Brasileira – Avançado

21 – Saxofone – Turma A – Adriano de Lima

22 – Saxofone – Turma B – Adriano de Lima

23 – Música para metais A – Ozéias Costa

24 – Violino iniciante A – Moara Pessatti

25 – Violino intermediário – Moara Pessatti

26 – Viola clássica – Roberto Hübner

27 – Violino avançado A – Roberto Hübner

28 – Violoncelo A – Samuel Pessatti

29 – Contrabaixo elétrico – Intermediário – Gê Cortes

30 – Contrabaixo elétrico – Avançado – Gê Cortes

31 – Violão erudito – Alexandre Lopes

32 – Violão popular avançado – Alexandre Lopes

33 – Piano A – Bia Cyrino

34 – Bateria – Intermediário – Denis Mariano

35 – Bateria – Avançado – Denis Mariano

36 – Teoria Musical básica B – Thais Piaia

37 – Rítmica B – Denis Mariano

38 – Gestão pessoal e de projetos para artistas B – Sérgio Altanivi

39 – Viola Brasileira – Intermediário – Jean Michel Diniz

40 – Instrumentos reciclados (reciclaSom) – Hércules Lacovic

41 – Técnica vocal erudita (acima de 16 anos) – Michelle Coelho

42 – Piano B – Bia Cyrino

43 – Música para metais B – Ozéias Costa

44 – Composição – Marco Aurélio Koentopp

45 – Flauta Transversal – Marcelo Oliveira

46 – Violino iniciante B – Moara Pessatti

47 – Violoncelo B – Samuel Pessatti

48 – Violino avançado B – Roberto Hübner

49 – Violão popular – Turma A – Valter Mazo

50 – Violão popular – Turma B – Valter Mazo

51 – Guitarra Rock – Intermediário – Andy Vieira

52 – Guitarra Rock – Avançado – Andy Vieira

53 – Contrabaixo acústico – Gê Cortes

54 – Percussão – Denis Mariano

55 – Prática de coro infantil e musicalização (06 a 11 anos) – Lélis Keity de Andrade

56 – Prática de coro juvenil (12 a 15 anos) – Lélis Keity de Andrade

57 – Prática de coro adulto (acima de 16 anos) – Matheus Cruz – No Teatro Municipal

58 – Prática de conjunto de violões – Alexandre Lopes

59 – Prática de música para pessoas com deficiência visual – Luiz Amorim

60 – Prática de Orquestra de Flauta Doce (nível avançado) – Angela Sasse

61 – Prática de Música Popular – Adriano de Lima

62 – Prática de Choro: Pixinguinha na Pauta – Paula Valente

63 – Prática de banda sinfônica – Bruno Brandalise

64 – Prática de orquestra – Natália Laranjeira

65 – Introdução à Prática de orquestra – Moara Pessatti/Samuel Pessatti

66 – Regência Coral – Matheus Cruz

(SECOM)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.