30ª edição bate recorde de público, 265.350 pessoas, e movimenta R$ 1,8 bilhão

O Show Rural Coopavel recebeu 265.350 pessoas em cinco dias e movimentou R$ 1,8 bilhão em negócios. Os principais números da edição histórica de 30 anos foram anunciados pelo presidente da cooperativa, Dilvo Grolli, em coletiva à imprensa na tarde desta sexta-feira, 9 de fevereiro.

O público é novo recorde nas três décadas de realização do evento, que foi iniciado como um dia de campo com apenas 15 empresas e 110 visitantes, em 1989. A melhor marca anterior era a de fevereiro de 2017, quando 253.068 pessoas estiveram na área que recepciona a terceira maior feira de disseminação de tecnologias, conhecimentos e inovações para o agronegócio do mundo.

A expectativa de negócios para 2018 era de R$ 1,5 bilhão e fechou com R$ 300 milhões a mais que o previsto, ressaltando mais uma vez a força e a pujança de um segmento responsável por contribuir com o PIB, com a geração de empregos e com a distribuição de renda em todo o País, conforme Dilvo. O público registrado nesta sexta-feira, último dia da edição de 2018, foi de 34.924 pessoas – no último dia da 29ª, de 6 a 10 de fevereiro de 20127, foram 39.051 visitantes.

O Show Rural Coopavel, além de movimentar vários setores produtivos de Cascavel e da região (hotéis, bares, restaurantes, entre outros), deu ocupação a mais de quatro mil trabalhadores, desses 1,1 mil da Coopavel, entre funcionários e terceirizados. O número de expositores foi recorde, de 530, mas a meta é manter o evento com cerca de 500 e público na casa das 250 mil pessoas, conforme Dilvo Grolli.

O diretor-presidente da Coopavel fez um agradecimento especial à imprensa, à Polícia Rodoviária Federal, às polícias Civil e Militar, à prefeitura, à Amop, aos líderes políticos que estiveram no parque, empresários e agricultores que prestigiaram o evento. O presidente da Coopavel também anunciou a data da 31ª edição, agendada para 4 a 8 de fevereiro de 2019.

 

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.